Rally Dakar: Líderes vacilam no 5º dia do Dakar

A quinta-feira foi, no mínimo, surpreendente no Rally Dakar. A quinta etapa, entre Calama e Iquique, marcou a derrocada dos líderes das quatro categorias: Marc Coma nas motos, Tomas Maffei nos quadriciclos, Carlos Sainz nos carros e Vladimir Chagin nos caminhões.

Nenhum deles venceu, fato que causou inclusive mudanças na ponta de duas das categorias. Nos quadriciclos, o argentino Tomas Maffei perdeu a liderança para Alejandro Patronelli, que venceu a especial de hoje e agora tem 1min27 de frente para o compatriota.

Já nos caminhões, Firdaus Kabirov foi 22min17 mais rápido que Chagin. Desta maneira, Kabirov, que é russo e corre pela Kamaz, ultrapassou seu compatriota e agora lidera com 13min36 de vantagem.

Nas motos, o resultado foi ainda mais inesperado. O piloto português Helder Gonçalves ficou com a primeira colocação da etapa de hoje, seguido de Francisco Lopes Contardo, do Chile, e de Frans Verhoeven, da Holanda. Os favoritos Marc Coma, da Espanha, e Cyril Despres, da França, acabaram a prova em quarto e quinto lugares, a 3min58 e a 4min10, respectivamente, de Helder.

A classificação geral, no entanto, não apresenta mudanças na ponta. Coma tem o tempo total de 16h59min33, seguido por Despres a 10min14 e Contardo a 18min32.

Por fim, nos carros, Carlos Sainz foi apenas o terceiro do dia, depois de vencer as três das quatro primeiras etapas. Quem se deu melhor hoje foi o francês Stephane Peterhansel, que ganhou com o tempo de 4h33min19. Na sequência ficaram Nasser Al- Attiyah a 1min24 e Sainz a 3min15.

Com os resultados dos cinco dias iniciais, Sainz segue na ponta com o tempo total de 15h45min48, seguido de Peterhansel a 2min26 e de Al-Attiyah a 2min33.

Fonte: www.webventure.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *