Rally Dakar: Melhor das Américas, Felipe Zanol encara a etapa maratona do Rally Dakar

Felipe Zanol assumiu nesta quarta-feira o posto de competidor mais rápido das Américas entre as motocicletas do Rally Dakar. O mineiro subiu da 14ª para a 12ª colocação após a décima etapa entre Iquique e Arica, a última que teve o Chile como palco. A cidade que abriga os competidores é próxima à fronteira com o Peru, e nesta quinta-feira eles encaram a temida etapa maratona com destino a Arequipa.

Serão 538 quilômetros de especial e 171 km de deslocamentos, nos quais o auxílio mecânico estará proibido. “Temos pela frente dias decisivos, quando a moto e o piloto serão levados ao extremo”, apostou Zanol, que pilota uma KTM 450 Rally Replica. “Vou carregar um filtro de ar para qualquer necessidade e os itens para marcar a planilha no final do dia.”

Na décima etapa, o percurso incluiu 377 km de especial e 317 km de deslocamento. Zanol cumpriu o trecho cronometrado em 14º lugar (4h43min13seg), sendo que o vencedor desta quarta-feira foi o espanhol Joan Barreda (4h18min43seg), de acordo com os resultados extra oficiais. “O começo da especial, nas areias de Iquique, foi bastante prazeroso, mas depois eu errei a navegação e desviei da rota por mais de 10 minutos. No final, optei por andar em um ritmo mais suave e acabei perdendo tempo”, explicou o brasileiro.

A briga pelo título das motos continua pegando fogo no Rally Dakar. O francês Cyril Despres segurou a liderança por apenas 21 segundos de vantagem sobre o espanhol Marc Coma. Os dois são da equipe Red Bull KTM. A prova termina no dia 15 de janeiro em Lima, capital peruana.

Felipe Zanol é piloto da equipe KTM Brasil com patrocínio de Red Bull, Cia do Terno, ASW, Rinaldi, ATS Informática, Mobil, SEEJ e Vedamotors, além do apoio de Água Mineral Ingá, Mr Pró e Brasil Moto Tour.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *