Rally Dakar: Organização admite falha e Sainz volta à liderança

A organização do Rally Dakar admitiu que uma falha no satélite da prova, prejudicou o espanhol Carlos Sainz, na segunda etapa do rali. Com isso o espanhol retornou a liderança do campeonato.

Sainz havia perdido 21min26s no trajeto próximo a cidade de Pisco, no Peru. Primeiro a falha foi creditada a uma falha do GPS do carro do espanhol. Contudo a organização admitiu o erro, e com o tempo recuperado, Sainz retornou a liderança, no lugar do francês Stéphane Peterhansel.

Veja como ficou a classificação dos carros:
1º – Carlos Sainz (ESP)/Timo Gottschalk (ALE)
2º – Stéphane Peterhansel (FRA)/Jean Paul Cottret (FRA)
3º – Giniel de Villiers (AFS)/Dirk von Zitzewitz (ALE)
4º – Ronan Chabot (FRA)/Gilles Pillot (FRA)
5º – Orlando Terranova (ARG)/Paulo Fiuza (POR)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *