Rally Dakar: Por três segundos, holandês vence 11ª etapa do Rally Dakar

O percurso desta quarta (13) entre Santiago, no Chile, e San Juan, na Argentina, foi palco de uma das disputas mais acirradas até agora no Rally Dakar. O erro do espanhol Marc Coma logo no início da especial abriu caminho para um briga intensa entre o americano Jonah Street e o holandês Frans Verhoeven. Por apenas 3 segundos, o europeu se deu melhor, vencendo sua primeira na competição, com o tempo de 2h44min50.

Desde a primeira parcial, a diferença entre os dois pilotos não passou dos nove segundos. No km 148, inclusive, ambos passaram com exatamente o mesmo tempo: 1h44min34. Verhoeven assumiu a ponta apenas no km 190, faltando 30 quilômetros para o final do percurso.

“Eu tive muitas dificuldades durante os primeiros dois ou três dias. Agora, tudo está sob controle. A moto está andando muito melhor e eu estou me acostumando em dirigir uma 450cc. Hoje, eu ataquei do começo ao final da especial. Estou muito feliz de ter vencido a etapa”, disse o holandês.

Street acabou fechando a prova em 2h44min53. Na terceira colocação ficou o francês Alain Duclos, com o tempo de 2h46min15, 1min25 atrás do vencedor. Pal Anders Ullevalseter acabou em 4º (2h47min16).

Mesmo com o ótimo resultado, Verhoeven ainda está muito longe na classificação geral por causa de um acumulo de 6h53 de penalizações, com o tempo total de 58h35min28. Cyril Despres continua administrando a larga vantagem que tem e, mesmo com a 7ª colocação de hoje, ainda é líder com sobras, com o tempo de 42h05min10.

Fonte: Webventure

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *