Rally das Serras: Reinaldo Varela conquista o hexacampeonato brasileiro

Rodrigo Varela, filho de Reinaldo, vence entre os Quadriciclos e também conquista o campeonato brasileiro

O piloto Reinaldo Varela (Mitsubishi/ Pirelli/ Blindarte) confirmou que é um dos maiores nomes do rali brasileiro em todos os tempos. No feriado de Proclamação da República (15/11) ele conquistou o hexacampeonato brasileiro de Rally Cross Country ao terminar em segundo na categoria Super Production no II Rally das Serras, disputado em São Joaquim (SC). A prova valeu pela 13ª e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

“Foi ótimo o resultado, a temporada inteira foi muito boa. Estou contente, mas com o título assegurado vamos para a última etapa pensando em vencer”, avisa o paulista que foi já havia sido campeão nas temporadas de 2000, 2002, 2006, 2008 e 2009.

A dupla Reinaldo Varela/Eduardo Bampi começou bem a prova estabelecendo no domingo (14/11) a melhor marca para a categoria Super Production no Prólogo noturno, disputado no Parque Nacional da Maçã, em São Joaquim (SC). Com o tempo de 2min29s30, eles foram 6s80 mais rápidos do que Luiz Facco/Silvio Deusdara e garantiram a primeira posição para a largada da Especial, em Urupema (SC).

“No prólogo já vimos que nossa Pajero Full estava rápida. Mesmo sem forçar fizemos um tempo muito bom em relação aos nossos principais adversários”, contou Varela , que no ano passado já havia vencido este rali.

Como o Rally das Serras teve 188 km de trechos cronometrados com muitas pedras, altas serras, rios, cachoeiras e passando por fazendas centenárias, Varela e Bampi foram administrando a vantagem que tinham pensando mais na conquista do campeonato.

“Foi uma competição bem difícil. Esta prova do Dyonísio (Malheiro) é de cross country puro, com bastante pedras e muitas dificuldades. Tanto que um terço dos carros não terminou, inclusive os nossos maiores adversários”, comentou Varela. “Ficamos administrando, de olho em nosso concorrente direto (Luiz Facco), e quando ele quebrou, tirei o pé para chegar e conquistar o título. Nunca fiquei tão feliz em chegar em segundo”, brincou o piloto com 27 anos de experiência em rali. A vitória na prova ficou com Regis Braga Maia/Ana Braga.

“Mesmo assim foi uma prova muito cansativa. O roteiro foi muito bem feito, mas tinham muitas referências próximas e eu ficava ‘cantando’ para o Varela o tempo todo. Mas é isso que faz uma prova bem disputada e valoriza o campeonato”, complementou o navegador paranaense Eduardo Bampi.

A felicidade de Reinaldo Varela foi ainda maior quando recebeu a notícia que o seu filho Rodrigo venceu na categoria Quadriciclos 450cc, e também conquistou o título brasileiro. “Fiquei mais feliz com a conquista dele, que está começando a encarar o esporte com seriedade. Vamos comemorar bastante em casa”, encerrou o hexacampeão.

Confira os três primeiros no II Rally das Serras – Categoria Super Production:

1º) Regis Braga Maia/Ana Braga, 4h19min59s60
2º) Reinaldo Varela/Eduardo Bampi, a 2min05s00
3º) Helena Deyama/Joseane Koerich, a 9min03s10

Confira a classificação dos pilotos na categoria Super Production:

1º) Reinaldo Varela – 91 pontos;
2º) Regis Braga Maia – 82;
3º) Luiz Facco – 76;
4º) Hugo Rodrigues – 45;
5º) Eduardo More – 24 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *