Rally: Direção de prova pronta para o Rally de Erechim

Nas mãos de um diretor de prova está grande parte da responsabilidade para que uma prova de rally de velocidade tenha o sucesso esperado durante a sua idealização. O diretor de prova do IX Rally Internacional de Erechim, Adilson Stankievicz sabe disso e se mostra preparado para exercer a função durante os dias em que a cidade irá receber as etapas dos campeonatos Sul-americano, Brasileiro e Gaúcho de rally de velocidade.

A experiência ele já adquiriu ao longo dos anos em que esteve ligado a organização da prova. Foi diretor adjunto na prova de 2004 e estreou como diretor no rally de Severiano de Almeida em 2005. Depois disso voltou a ocupar o cargo no pré-sul-americano realizado pelo EAEC no mês de julho, um teste final para o grande evento de setembro.

“A expectativa para esta prova é a melhor possível. Muitos testes já foram feitos e outros ainda estão em andamento para que possamos ter êxito total no evento. Vamos mais de 360 pessoas trabalhando nas especiais da prova, todas treinadas e orientadas para exercer suas funções. As equipes de emergência, bombeiros e guinchos, já estão treinados para se necessário entrarem em ação”, salienta o diretor.

“Eu costumo dizer que o diretor de prova é o primeiro a chegar no local da prova e o último a sair. Este ano nós vamos ter cerca de 800 pessoas trabalhando no Rally de Erechim. São pessoas que gostam do que fazem e por isso temos certeza que tudo ocorrerá dentro do previsto”, enfatiza Adilson. Ele frisa que os sistema de comunicação terá cerca de 12 rádios em cada especial totalizando mais de 50 aparelhos em cada dia do rally. “É o suficiente para termos uma prova totalmente segura”, afirma.

“Estamos prontos para fazer o nosso melhor rally. Temos um super-prime maravilhoso que fará parte da programação. A expectativa dos competidores é muito grande para esta prova. Tenho certeza que o rally de Erechim vai marcar época. Temos que fazer a nossa melhor prova. É o desafio constante, evoluir a cada edição”, conclui Adilson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *