Rally dos Sertões: Chevrolet continua entre os primeiros

Marlon Koerich foi o quinto e Luis Tedesco o nono no terceiro dia.

Depois das lindas paisagens dos 551 km cumpridos na sexta-feira entre Minaçu (GO) e Palmas, capital de Tocantins, o Rally dos Sertões vai entrar neste sábado em seu quarto dia de disputas, passando pelo temido deserto do Jalapão, na maior Especial da edição deste ano, que terminará em Alto Parnaíba, já no Maranhão. A prova termina dia 4 de agosto em Porto Seguro, na Bahia.

No terceiro dia da competição a vitória ficou com a dupla paulista Guilherme Spinelli/Marcelo Vívolo (L200 Evo), que percorreram os 255 km da Especial cronometrada em 3h11min22s. Atual campeã do Rally Internacional dos Sertões, as picapes S10 do Chevrolet Rally Team terminaram a sexta-feira novamente entre os dez primeiros. Vencedores da Super Production no dia anterior, os irmãos catarinenses Marlon e Joseane Koerich ficaram em segundo na categoria e quinto na geral. O piloto catarinense Luis Tedesco e o navegador carioca Bruno Mega ficaram em quinto na categoria e nono na classificação Geral. A liderança do Rally dos Sertões depois de três dias ainda é da dupla Klever Kolberg/Eduardo Bampi (L200 Evo).

Na barragem de Cana Brava (GO) começou a especial, uma das mais bonitas do rali. Depois de passar por estradas de fazendas, os competidores subiram a Serra da Mulher que Chora, um local lindo, mas perigoso. “A descida da serra tinha um penhasco do lado, e o caminho era estreito e extremamente liso, onde foi fundamental o controle no freio. As imagens aéreas devem ter ficado lindas, mas dentro do carro, foi pavoroso!”, comentou o navegador carioca Bruno Mega.

A descida foi até Campo Alegre de Goiás (GO) e depois de Paraná, já no estado de Tocantins, os concorrentes entraram em um dos trechos mais rápidos do rali, com praticamente 30 quilômetros de estradão aberto. “Aí foi tranqüilo, e os carros da categoria Protótipos, principalmente, puderam tirar o atraso acelerando ao máximo”, disse Joseane Koerich, a única navegadora a integrar uma equipe oficial de fábrica. Depois veio um trecho mais travado de estradinhas de fazendas novamente, com muita lomba, muito cascalho, alguns riachos e um trecho bem sinuoso. A especial terminou próximo de Príncipe (TO)e de lá todos se deslocaram até a Praia da Graciosa, em Palmas.

Neste sábado a etapa vai de Palmas até Alto Parnaíba, com 661 km de percurso. Destes, 457 km vão fazer parte da maior Especial cronometrada do rali, passando pelo deserto do Jalapão, em grande parte disputada em área nova e desconhecida das edições anteriores, com grande grau de dificuldade nas zonas de areia. Também passarão por uma zona de navegação por GPS em área de savanas, já no Maranhão. Por ser uma etapa Maratona, será proibida a assistência mecânica ao final do dia. “Os nossos pilotos cuidaram bem de suas S10, que chegaram aqui em Palmas em perfeitas condições. Para nós, amanhã (sábado) é que o rali começa”, avisa o mineiro Luis Haas, Diretor Esportivo do Chevrolet Rally Team, lembrando que a manutenção dos carros só será permitida depois de 266 km da etapa de domingo, em Corrente, no Piauí. “O nosso grande trunfo é a durabilidade e resistência da picape S10. Acho que estes dois próximos dias serão primordiais para a nossa pretensão de vencer o Rally dos Sertões pela quarta vez”, aponta o dirigente.

Resultados extra-oficiais do 3º dia do Rally dos Sertões:
1) Guilherme Spinelli e Marcelo Vívolo – Protótipo – 3h11min22
2) Maurício Neves e Clécio Maestrelli – Super Production – 3h11min30
3) Ingo Hoffmann e Lourival Roldan – Protótipo – 3h11min33
4) Klever Kolberg e Eduardo Bampi – Protótipo – 3h11min52
5) Marlon Koerich e Joseane Koerich – Super Production – 3h16min29
6) Felipe Bibas e Emerson Cavassin – Super Production – 3h16min47
7) João Franciosi e Rafael Capoani – Production – 3h19min40
8) Riamburgo Ximenes e Flávio Marinho – Super Production – 3h21min04
9) Luis Tedesco e Bruno Mega – Super Production – 3h21min45
10) Reinaldo varela e Marcos Macedo – Production – 3h23min11.

O Chevrolet Rally Team, tem o patrocínio de Chevrolet/Goodyear e apoio de Mormaii/Scorro/LUK/Bosch/Globalstar/Eaton/Cobreq/MWM International/AMA Lubrificantes/Corsa/Fremax.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *