Rally dos Sertões: Kolberg reassume a liderança no geral

Dupla do Valtra Dakar Eco Team completou a fase inicial da etapa maratona na segunda posição

A primeira parte da etapa maratona do 18º Rally Internacional dos Sertões chegou ao fim, nesta segunda-feira (15). O saldo pode ser contabilizado como extremamente positivo para a dupla da equipe Valtra Dakar Eco Team, formada pelo piloto Klever Kolberg e pelo navegador Flavio de França.

O sexto dia de competição foi marcado por muitos obstáculos, além do complicador que, em caso de problemas mecânicos, os competidores não poderiam receber qualquer ajuda externa para o conserto. Klever destacou que o trabalho do navegador hoje foi ainda mais fundamental, diante das gigantescas dificuldades “Os obstáculos foram vários: areia, grandes erosões, trilhas estreitas, navegação muito difícil, rios, trechos de alta velocidade e outros sinuosos, e trial”.

A caravana largou e, logo de início, enfrentou um longo trecho de deslocamento (106,08 km), seguido pela etapa cronometrada de mais 330 km, sob o forte calor do Jalapão – considerado a parte mais difícil do Sertões.

Ao final da especial desta segunda, as equipes de apoio dos pilotos não poderão fazer qualquer modificação nos veículos, já que prova faz parte da etapa maratona do Rally dos Sertões. Para tanto, os veículos ficarão em uma área fechada desde a hora em que chegarem à cidade de apoio, sendo retirados novamente apenas minutos antes da largada desta terça.

“Foi uma etapa muito difícil, com trechos de alta velocidade, estradas largas, vários trechos de trilha extremamente sinuosa e arenosa. Felizmente nosso carro terminou a etapa sem nenhum problema. A navegação foi bastante complicada, mas graças ao trabalho do Flavio abrimos uma boa vantagem da concorrência”, contou Klever. “Agora temos que ser ainda mais perfeitos amanhã, já que os carros da categoria Etanol terão de usar um restritor (de ar da admissão) amanhã, e com isso vamos perder uns 20 cavalos de potência do motor”, comentou.

Para o sétimo dia do rali serão mais 520,23 km de estradas, sendo 485 km contra o relógio. Esta será a especial cronometrada mais longa do Sertões 2010. Ao final dela, novamente todos os competidores terão de levar os veículos ao parque fechado e a manutenção só poderá ser feita ao chegarem ao município de Balsas, já no Estado do Maranhão.

Após reassumir a liderança geral da categoria carros, Klever comentou sobre a próxima especial “Esta é a segunda perna da etapa Maratona. A especial mais longa da prova, novamente com muita areia, grandes erosões, trilhas de jegue, navegação por GPS, um longo trecho de areia com partes mais travadas, erosões, lombadas e travessias de pontes. Quem sobreviver já pode começar a sonhar com o Beach Park em Fortaleza”, finalizou o piloto do Valtra Dakar Eco Team.

7º dia (17/08, terça-feira) – São Felix do Tocantins (TO) – Balsas (MA)
DESLOCAMENTO INICIAL: 12,23 km
ESPECIAL CONTRA O RELÓGIO: 485 km
DESLOCAMENTO FINAL: 22 km
Total – 520,23 km

Confira o resultado extra-oficial da especial Palmas – São Felix do Tocantins:

1º) Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Mitsubishi) – 03h29min23s5

2º) Klever Kolberg/Flavio Marinho de França – (Mitsubishi) 03h29min50s8

3º) Riamburgo Ximenes /Stanger Welerson Eler – (Mitsubishi) 03h32min09s5

4º) Guilherme Spinelli /Youssef Haddad – (Mitsubishi) 03h32min41s9

5º)Marcos Baumgart/Kleber Cincea – (Mitsubishi) 03h33min22s8

6º) Paulo Nobre (Palmeirinha)/Luiz Carlos Palu (BMW) – 03h34min38s6

7º) Marlon Koerich/Deco Muniz (Sherpa) – 03h34min44s4

8º) Jean Azevedo/Emerson Cavassin – (Mitsubishi) 03h39min22s3

9º) Luiz Facco/Silvio Deusdara – (Mitsubishi) 03h46min48s3

10º) João Antonio Franciosi/ Rafael Capoani – (Sherpa) 03h48min26s1

Confira o acumulado geral dos carros – extra-oficial:

1º) Klever Kolberg/Flavio Marinho de França – (Mitsubishi) 16h10min54s4

2º) Guilherme Spinelli /Youssef Haddad – (Mitsubishi) 16h12min57s8

3º) Riamburgo Ximenes /Stanger Welerson Eler – (Mitsubishi) 16h29min15s4

4º)Marcos Baumgart/Kleber Cincea – (Mitsubishi) 16h36min38s7

5º) Luiz Facco/Silvio Deusdara – (Mitsubishi) 16h49min47s7

6º) Paulo Nobre (Palmeirinha)/Luiz Carlos Palu (BMW) – 17h10min17s9

7º) Cristian Baumgart/Beco Andreotti – (Mitsubishi) 17h23min13s9

8º) João Antonio Franciosi/ Rafael Capoani – (Sherpa) 17h33min16s6

9º) Jean Azevedo/ Emerson Cavassin – (Mitsubishi) 17h35min38s5

10º) Sven Fischer/ João Luiz Stal – (Mitsubishi) 17h46min42s1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *