Rally dos Sertões: Salvini Racing abre o Rally dos Sertões com vitória

Guido Salvini, Flávio Bisi e Fernando Chwaigert vencem a 1ª etapa do Rally dos Sertões, que terminou em Pirenópolis, GO. Amanhã, prova segue para Porangatu, GO

A Salvini Racing começou a 19ª edição do Rally dos Sertões com o pé direito. Com a vitória da 1ª etapa, o piloto Guido Salvini, o navegador Flávio Bisi e o copiloto Fernando Chwaigert, também conquistaram importantes pontos para a 9ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Country e 3ª etapa do Sertões Series.

O primeiro dia de rali teve 235 quilômetros entre Goiânia e Pirenópolis, GO, com 77 quilômetros de especial para os caminhões. Um trajeto curto em relação aos demais, porém, com grande dificuldade, já que os participantes encontraram muitas pedras, trial, subidas e descidas de serra, em um roteiro bem travado.

Com o tempo de 01 horas 49 minutos e 29 segundos, a Salvini Racing destacou a qualidade dos pneus que utilizam, que devido o excesso de pedras, demonstrou resistência, e hoje se fez um dos itens mais importantes na obtenção deste resultado. “Tivemos pedras, erosões, valetas… Pirenópolis nos serviu com tudo o que temos direito”, elogiou o piloto. Em segundo lugar ficaram André Azevedo, Sidinei Broering e Ronaldo Pinto, e em terceiro, Edu Piano, Sólon Mendes e Davi Fonseca.

A prova também marcou a estreia de Bisi no Rally dos Sertões, que segundo os companheiros de equipe, desempenhou uma navegação tranquila e sem erros. “Eu estava bastante ansioso e preocupado, pois a responsabilidade é grande nesta disputa. Mas tudo transcorreu bem, e vencer logo de cara, em um evento desta magnitude, é recompensador”, revelou o navegador.

Normalmente, na 1ª etapa, os off-roaders ainda analisam o comportamento dos veículos e acertam alguns ajustes, e ainda assim, a Salvini Racing seguiu confiante. “Precisamos obter bons resultados no início, para abrir uma boa vantagem em relação aos nossos adversários”, completou o piloto.

A 2ª etapa do Rally dos Sertões larga nesta quinta-feira (11), de Pirenópolis rumo a Porangatu, GO, em um roteiro de 590 quilômetros, sendo que deste número, 175 é de especial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *