Rally dos Sertões: Varela/Bampi vencem o segundo dia consecutivo

Dupla venceu pela categoria Pro Etanol, terminou em terceiro na Geral e sustenta a vice-liderança do Rally. Com resultado ampliaram ainda mais a liderança no Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

Com uma estratégia exemplar a bordo da nova Triton SR, Reinaldo Varela e Eduardo Bampi (Blindarte/Restaurante Divino Fogão/Itamotors/Temp Clean) conquistaram na quinta-feira (11/08) a segunda vitória consecutiva na categoria Pro Etanol, após a disputada do segundo dia de provas do 19ª Rally Internacional dos Sertões. Com o resultado, a dupla ocupa a vice-liderança na Geral e ampliou ainda mais a liderança no Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Depois de 12 etapas Varela/Bampi somam 98 pontos, contra 53 de José Sawaia/Joaquim Filho, que estão na vice-liderança.

“Só posso comemorar. Estamos tendo um ótimo desempenho, vencer o segundo dia consecutivo é muito bom. Estou com um excelente equipamento e está tudo em ordem com a mecânica. Passamos por terrenos difíceis, mas a Triton SR responde muito bem e aguenta a pressão”, comemora o experiente piloto Reinaldo Varela, que está que está comemorando sua 300ª corrida indo atrás da 100ª vitória no automobilismo.

Segundo o paranaense Eduardo Bampi, a Especial cronometrada de 285 quilômetros entre Pirenópolis e Porangatu, no território goiano, contou com diferentes tipos de terrenos, alguns até perigosos “O dia foi bom. A Especial começou tranqüila e gostosa de andar. Logo apareceram trechos pesados, passamos por todo tipo de terreno como areia, pedra e piçarra. Nos últimos 100 quilômetros, descemos uma serra perigosa, com um abismo de um dos lados. Havia trechos rápidos e outros lentos, qualquer desvio de atenção poderia ocasionar um acidente”, analisou o navegador do Campeão Mundial de Rally Cross Country em 2000.

O terceiro dia do Rally dos Sertões (12/8) percorrerá 455 km entre Porangatu e Gurupi, já no Estado do Tocantins, com deslocamento inicial de 66 km e o final com 104 km. A Especial cronometrada será de 285 km, passando por terrenos difíceis, com muito Trial de todos os tamanhos, riachos e pedras, onde a técnica e cautela serão primordiais. Este dia valerá como 13ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country.

“Amanhã (sexta-feira) será mais um dia longo e terminaremos o dia completando 25% do rali. Ou seja, quem estiver administrando neste começo não terá chance de se recuperar bem depois”, garante Varela. No trecho os competidores atravessarão vários mata-burros com toras soltas, muitas pontes em mal estado, que por vezes deverão ser desviadas por dentro de riachos. “Entraremos em trecho de mata bem fechada, com pouca visibilidade em alguns momentos e trechos com muitas pedras grandes, o que exigirá muita atenção tanto do piloto quanto do navegador”, alerta Bampi.

Os primeiros na categoria Pro Etanol no segundo dia foram:

1) Reinaldo Varela/Eduardo Bampi, 04h11min15s;
2) Klever Kolberg/Flavio Marinho, 04h16min56;
3) Luis Carlos Nacif / Humberto Ribeiro, 04h21min27;
4) Jose Sawaia / Joaquim Filho, 04h24min06;
5) Leandro Torres/ Henrique Arena, 04h52min12s;
6) Cleber Rosa / Eduardo Rebouças, 05h01min43;
7) Luiz Aguiar Fº / Sérgio Bessa, 05h06min22;
8) Marcus de Mello / Eduardo Pereira e Costa, 05h31min18.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *