Rally: Equilíbrio e disputa acirrada marcam a 3a etapa da Copa Troller Sudeste 2010

Cerca de 120 carros enfrentaram as estradas da região metropolitana, De Curitiba (PR). Dupla catarinense vence na Master.

A dupla catarinense formada por Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky, de Blumenau, levou a melhor na terceira etapa da Copa Troller Sudeste 2010, uma das mais importantes competições de rali de regularidade do país. Neste sábado (15), eles foram os mais regulares da categoria Master, em uma disputa muito equilibrada e emocionante. Paulo e Rafain completaram os 143 quilômetros de percurso pelas estradas da região metropolitana de Curitiba, no Paraná, totalizando 330 pontos perdidos, 11 a menos que André Del Monte e Orestes Bacchetti Jr., de Jundiaí (SP), e 22 de Oscar Schmidt e Gustavo Schmidt, de São José, em Santa Catarina.

Ao todo, a etapa contou com 120 duplas de seis estados, divididos por quatro categorias. Os demais vencedores foram Paulo Roberto dos Santos e Marcelo Haseyama, de São José nos Campos (SP), a segunda conquista na temporada na categoria Graduados; Ricardo Flauzino e Ricardo Freitas, de São Paulo, que consolidaram a liderança na Turismo; e João Henrique Kffuri e Mauricio Pinelli, de Londrina (PR), na Expedition. A próxima etapa da Copa Troller Sudeste será nos dias 30 e 31 de julho, em Santa Catarina.

Quando se reúne alguns dos melhores pilotos e navegadores do território nacional, a previsão sempre é de muito equilíbrio e briga apertada pela vitória. Junte-se a isso, uma prova em linha que exige muita atenção o tempo todo. O resultado é uma etapa em grande estilo, decidida nos detalhes. Assim ocorreu a terceira prova do ano da Copa Troller Sudeste 2010, disputada em Curitiba, entre as cidades de Campo Largo e Campo Magro, e que teve como sede o Mabu Parque Resort.

Flávio e Rafain chegaram à vitória na Master, a primeira na Copa Troller 2010, sabendo tirar proveito dos detalhes. Eles correm juntos há quatro anos e que no ano passado terminaram em quarto lugar na categoria Graduados. “Em um tipo de prova como esta, que parece fácil, a concentração deve ser total. Você tem de estar atento a cada detalhe para não cometer erros e foi assim que pensamos desde a largada”, explicou o piloto campeão Flávio Kath.

Já o navegador Rafain destacou o bom entrosamento da dupla. “A etapa exigia mais da pilotagem, mas o bom trabalho da dupla foi fundamental. Foi uma prova na qual a atenção e a regularidade foram importantes o tempo todo. Felizmente conseguimos vencer o desafio”, declarou o vencedor da Master na capital paranaense.

A disputa na Graduados, por sua vez, também não ficou atrás. Tanto assim, que apenas 46 pontos separaram a dupla vencedora da segunda colocada na capital paranaense. Paulo Henrique e Marcelo Haseyama, de São José dos Campos, chegaram à segunda conquista da temporada – ganharam em Atibaia (SP), na abertura do campeonato – e à liderança da categoria.

“Foi uma prova rápida e sem muitos problemas numa primeira avaliação. Mas a exigência de concentração foi enorme”, explicou o piloto Paulo Henrique. “Mais essa vitória é fruto de nosso esforço e dedicação. Vamos em busca de mais”, completou o navegador Marcelo, que também garantiu presença da dupla em todas as etapas.

Os cincos melhores da etapa em cada categoria foram os seguintes:

Master – 1o) Flávio Kath/Rafain Walendowsky (Blumenau/SC), 330 pontos perdidos; 2o) André Del Monte/Orestes Bacchetti Jr. (Jundiaí/SP), 341; 3o) Oscar José Schmidt/Gustavo Schmidt (São José/SC), 352; 4o) Alfredo Turcatto/Camilo Turcatto (São Paulo/SP), 353; 5o) Carlos Isaias da Silva/Claudio Roberto Flores (Jaraguá do Sul/SC), 358;

Graduados – 1o) Paulo Roberto dos Santos/Marcelo Haseyama (São José dos Campos/SP), 329; 2o) Carlos Beviláqua/Alexandre Martinez (São Paulo/SP), 375; 3o) Marcio Vieira Pedro/Rubens Vieira Pedro (Poços de Caldas/MG), 380; 4o) Thiago Carceroni/Marcelo Couto (Belo Horizonte/MG), 420; 5o) Carlos Raul Caldas/Fabiano Bonafé (São Paulo/SP), 420;

Turismo – 1o) Ricardo Flauzino/Ricardo de Freitas São Paulo/SP), 651; 2o) Norival Nogueira/Marcelo Bôscoli (São Paulo/SP), 715; 3o) Carlos dos Santos/Ronaldo dos Santos (Curitiba/PR), 722; 4o) Odair Thomazeli/Maria Nascimento (São Paulo/SP), 807; 5o) Walter Luiz Küster/Walter Costa Küster (Curitiba/PR), 882;

Expedition – 1o) João Henrique Kffuri/Mauricio Pinelli (Londrina/PR), 1767; 2o) Marcelo Prevideli/Carlos Knop (Curitiba/PR), 2199; 3o) Maun Glir Junior/Ana Paula Glir (Curitiba/PR), 2818; 4o) Leandro Batisteti/Patrícia Batisteti (São Paulo/SP), 3375; 5o) Valdemar Sanfins/Jurandir do Amaral Neto (Bragança Paulista/SP), 3512.

Classificação Geral

O equilíbrio tem sido a tônica da competição. A classificação da Copa Troller Sudeste após três etapas é a seguinte:

Master – 1o) Alfredo Turcatto/Camilo Turcatto, 41 pontos; 2o) Flávio Kath/Rafain Walendowsky, 30; 3o) Marcos Bortoluz/Marcelo Bortoluz (Caxias do Sul/RS), 29;

Graduados – 1o) Thiago Carceroni/Marcelo Couto (Belo Horizonte/MG), 34; 2o) Paulo Roberto dos Santos/Marcelo Haseyama, 31; 3o) Otávio Enz/Allan Enz (Apucarana/PR), 31;

Turismo – 1o) Ricardo Flauzino/Ricardo Freitas, 41; 2o) Carlos dos Santos/Ronaldo dos Santos, 37; 3o) Walter Küster/Walter Costa Küster, 37.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *