Rally: Equipe Brasileira faz dobradinha no Mundial de Cross Country

Neste domingo, dia 12 de março, na quinta etapa do Por las Pampas Rally, prova que abre o Mundial de Rally Cross Country, o Chevrolet Rally Team fez dobradinha na categoria diesel. Marlon e Joseane Koerich foram os primeiros e Luís Tedesco e Rogério Almeida ficaram em segundo lugar. A caravana chegou a La Serena, cidade litorânea do Chile. Os irmãos catarinenses mais uma vez andaram bem e terminaram a quinta etapa em terceiro lugar na geral, atrás apenas dos favoritos Luc Alphand e Joan Roma.

 


Com a saída da equipe Mitsubishi Racing, o Chevrolet Rally Team tem agora a responsabilidade de levar sozinho o nome do Brasil na etapa de abertura do Campeonato Mundial de Cross Country. “Nosso objetivo continua sendo o mesmo, que é chegar com as duas S10 até Iquique. Estamos aqui para aprender, chegamos à metade da prova e tem muito rali pela frente. A equipe está cuidando bem dos carros”, disse Luís Haas, diretor esportivo do Chevrolet Rally Team.

Os 240,67 quilômetros de especial, entre Santiago e La Serena, foi bem ao gosto do piloto catarinense. “Hoje gostei muito da prova. Foi bem parecida com o que temos no Brasil, só que com muita pedra. A especial foi muito técnica, com piso bom, tinha estradas estreitas, com penhascos”, disse Marlon.

Para a navegadora Joseane Koerich, a etapa também foi tranqüila, apesar de a planilha ter muita mudança de sentido, muita referência. “Foi tudo dentro do esperado. Largamos em terceiro lugar e amanhã sairemos na mesma posição. Nossa S10 está perfeita, sem nenhum problema”, afirmou.

A outra dupla da equipe, Luís Tedesco/Rogério Almeida teve problemas nesta quinta etapa. Andaram bem até que sentiram alguma coisa errada com a suspensão dianteira. “O pino da balança dianteira soltou e andamos 40 quilômetros a 20 km/h, para conseguir terminar a especial e mais uma vez cumprir o nosso objetivo, que é chegar a Iquique”, disse Tedesco, que mesmo assim fez o sexto melhor tempo do dia.

O Por las Pampas Rally entrou em uma região de transição hoje, saindo de uma região fértil e passando para o deserto. O forte calor foi um dos adversários. O navegador cearense Rogério Almeida se lembrou de casa nesta etapa. “Hoje foi muito legal, um verdadeiro carrossel, com muita subida e descida em serra. O dia estava muito quente, lembrou muito o meu nordeste, só que o ar aqui é bem mais seco. Subimos mais um degrau, em uma etapa muito técnica. A única coisa que deixa a desejar é a segurança, pois mais uma vez encontramos com veículos locais na trilha”, contou Almeida.

Nesta segunda, o Por las Pampas Rally sairá de La Serena e chegará a Copiapó, no Deserto do Atacama, região mais seca do planeta. A especial terá 375,90 quilômetros, com dunas no final.

Resultados extra-oficiais da quinta etapa

1º Joan Roma/Henri Magne, 3h19min43s
2º Luc Alphand/Gilles Picard, 3h22min02s
3º Marlon Koerich/Joseane Koerich, 3h46min13s
4º Mario Hernández/Enrique Figueroa, 3h57min24s
5º Sergey Shmakov/Sergey Mishin, 4h05min29s
6º Luís Tedesco/Rogério Almeida, 4h12min05s

Classificação Geral

1º Joan Roma/Henri Magne (Gasolina), 17h49min41s
2º Luc Alphand/Gilles Picard (Gasolina), 17h51min52s
3º Sergey Shmakov/Sergey Mishin (Gasolina), 21h56min17s
4º Patxi Otaño/Leo Monti (Diesel), 26h26min47s
5º Eduardo Blanco/Marco Ferrán (Gasolina), 31h57min53s
6º Marlon Koerich/Joseane Koerich (Diesel), 36h29min01s
7º Luis Tedesco/Rogério Almeida (Diesel), 36h37min06s

O Chevrolet Rally Team, tem o patrocínio de Chevrolet/Goodyear e apoio de Mormaii/Scorro/LUK/Bosch/Globalstar/Eaton/Cobreq/MWMInternational/AMA Lubrificantes/Corsa/Fremax.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *