Rally: Equipe Palmeirinha teve de deixar prova no Paraguai

Após enfrentar um piso difícil e vários problemas mecânicos, Paulo Nobre/Edu Paula abandonou o Rally do Paraguai.

A dupla Paulo Nobre/Edu Paula, que participou da segunda etapa do Campeonato Sul-americano de Rali de Velocidade disputado neste fim de semana, no Paraguai, teve de voltar para o casa sem completar a prova.

Segundo Palmeirinha, as especiais estavam impraticáveis devido a forte chuva que caiu na região nas semanas que antecederam a prova e também nos dias de disputa. “Quando chegamos, na quinta-feira para fazer o levantamento das especiais de sábado, fomos impedidos pelos organizadores, pois o local estava coberto por lama. Só liberaram o levantamento ao meio dia e, mesmo assim, tivemos de levantar os trechos do domingo”, falou.

Na primeira especial do sábado, a mangueira do turbo estourou e a dupla fez todo o percurso arrastando o carro. “Quando largamos, achamos que o combustível não seria suficiente para chegar ao final do trecho, mas com esse problema na mangueira, o carro foi se arrastando até o final da especial e não chegamos a gastar meio tanque”, contou Nobre.

A dupla consertou o carro no apoio e, mesmo em último lugar, seguiu na prova. Entretanto, quando Nobre/Paula entrou na especial 4, uma pedra bateu no radiador de óleo e o estourou. “Nesse momento nós tivemos de parar e chamar o nosso apoio mecânico para buscar o carro. Fiquei muito triste de não continuar na prova, mas pensei no Rally de Erechim. Falta um mês para a principal prova do calendário brasileiro de rali de velocidade e não podia correr o risco de ficar de fora”, explicou o piloto, que abandonou a disputa no Paraguai no primeiro dia de prova.

Apesar das dificuldades enfrentadas na prova, Palmeirinha elogiou a organização do evento. “Embora a chuva tenha arrasado com rali, a organização está de parabéns. O rali contou com um grid excelente e muito competitivo. Pena que a chuva destruiu o parque de apoio e deixou a gente sem luz no hotel durante horas”, lamentou o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *