Rally: Mais adaptados, Spinelli e Vívolo seguem para Pomerode

A dupla, que subiu ao pódio na estréia, está mais à vontade para a disputa da 2ª. etapa da temporada, marcada para esse sábado na cidade catarinense.

Passada a estréia, a dupla Guilherme Spinelli/Marcelo Vívolo segue confiante para a 2ª. etapa do Campeonato Brasileiro de Rally, que acontece nesse sábado (28/04), na cidade catarinense de Pomerode. A programação tem início hoje, com o reconhecimento das especiais da prova, que acontece sábado, com largada às 8h50. No total serão 193 km, sendo 109km de especiais e 84km de deslocamentos.


“Passada a estréia, me sinto mais a vontade com o carro e espero conseguir aproveitar cada vez mais o que o Lancer tem para oferecer. Pelo que soube, o rally de Pomerode tem características diferentes em relação a Tijucas. É sinuoso, um pouco mais travado, muda o estilo de pilotagem. Normalmente, nos ralis mais travados os tempos ficam bem próximos. Esperamos outra prova extremamente competitiva”, disse Spinelli.


Após cinco anos de afastamento, Spinelli, um dos maiores pilotos de rally do Brasil, retornou à competição com o terceiro lugar na abertura da temporada, ao lado de seu navegador Marcelo Vívolo, um estreante nessa competição. Spinelli passou os últimos cinco anos dedicado ao Rally Cross Country, onde ao lado de Vívolo, conquistou os últimos quatro títulos do Campeonato Brasileiro e o Bi do Rally dos Sertões.


A dupla compete na categoria N4, a mais potente das três em disputa, que tem como líder Edio Fuchter/Lelo Perdigão, com Marcos Marcola/Sergio Tarcísio em segundo, todos com o Mitsubishi Lancer Evo IX. A disputa começou bastante acirrada no início do mês em Tijucas, numa prova de alta velocidade. Em Pomerode a característica é outra. A expectativa é grande.


O Campeonato Brasileiro de Rally conta com três categorias: A N4 (carros com preparação limitada, tração 4×4, até 2000cc); A6 (carros preparados, tração 4×2, 1600 cc) e N2 (carros com preparação limitada, tração 4×2, 1600 cc). No total são 8 etapas com um descarte.

Classificação do campeonato após 1ª. etapa:

Categoria N4

1.Edio Fuchter/Lelo Perdigão (Lancer Evo IX), 10
2.Marcos Marcola/Sergio Tarcísio (Lancer Evo IX), 8
3.Guilherme Spinelli/Marcelo Vívolo (Lancer Evo IX), 6
4.Oswaldo Scher/Gilson Rocha (Lancer Evo IX), 5
5.Juliano Sartori/Rafael Sartori (Subaru Impreza), 4


Categoria N2
1.Fabio DallAgnol/Marcelo Delmut (Palio), 10
2.Ulysses Bertholdo/Sidnei Broering (Celta), 8
3.Cleberson Casarotto/Cleiton Casarotto (Gol), 6


Categoria A6
1.Rafael Tulio/Gilvan Jablonski (Peugeot), 10
2.Leandro Brustolin/Daniel Ceconello (Gol), 8
3.Marcos Valandro/César Valandro (Palio), 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *