Rally Nacional: Pimentel e Osternack confirmam compra do primeiro XRC

Dupla paranaense vai usar um Peugeot da equipe ProMacchina

Os paranaenses Jean Marcus Pimentel e Thiago Osternack confirmaram a compra do primeiro modelo XRC (sigla para Xtreme Rally Car), categoria de rally lançada este ano com o apoio da Comissão Nacional de Rally (CNR) da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) no final de janeiro. Dupla formada em 2011 para disputar a Copa Peugeot, eles decidiram antecipar em um ano a progressão para a categoria superior após estudar o potencial e os custos das opções disponíveis.

“A ideia inicial era disputar o XRC a partir de 2012, mas vimos que sairia mais econômico antecipar essa mudança e desenvolver o caro para a temporada de 2013”, comentou Pimentel, que tem 36 anos e estreou no rally ao se inscrever na Copa Peugeot de 2010. Segundo seu navegador Osternack, a dupla deverá disputar esse certame até a chegada do novo “brinquedo”:

“Mesmo sendo um carro de tração dianteira, é uma forma de treinar e melhorar nosso entrosamento enquanto aguardamos a chegada do nosso XRC, algo que deverá acontecer dentro de dois meses.”

Com 28 anos de idade Thiago Osternack é o mais jovem e o mais experiente da dupla – já tem mais de 40 rallies em seu currículo -, e é quem toca o dia a dia da equipe Jean Car. Seu melhor resultado é o vice-campeonato brasileiro da classe N2 em 2008. A fabricação e preparação do monobloco Peugeot 207 do time está estará a cargo da ProMacchina, empresa de Maurício Neves e sediada em Campo Magro, região metropolitana de Curitiba (PR). Jean Pimentel entra em sua terceira temporada e a segunda em dupla com Thiago, com quem também disputou etapas dos campeonatos sulamericano e brasileiro de 2011, sempre com o modelo francês.
Um dos criadores do projeto XRC, o promotor e diretor da aliança que administra esse evento Armando Miranda comentou a chegada de Pimentel e Osternack como uma demonstração clara do potencial da categoria:

“Fico muito feliz de ver que duplas que se destacaram nas categorias de base estão apostando na categoria. O XRC tem tudo para ser a categoria show do rally brasileiro, coroando o progresso de novos valores.”.

Miranda Adiantou que outros concorrentes estão finalizando o processo de compra, o que permitirá que até cinco modelos XRC participem do Rally de Erechim, prova de abertura do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, em maio, em Erechim. Enquanto isso o diretor da Aliança XRC segue negociando novos acordos com parceiros comerciais e promocionais.

O presidente da Comissão Nacional de Rally, Djalma Neves, comentou que “a proposta do XRC é facilitar a prática do rally com carros de alto desempenho e custo acessível para duplas consolidadas e as que surgiram nas últimas temporadas. A chegada de Pimentel e Osternack mostra que estamos no caminho certo.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *