Rally: Robert Nahas está a uma etapa do bicampeonato nos quadriciclos

Paulista ampliou ainda mais sua vantagem na penúltima etapa da competição.

Nesta quinta-feira (26/06) o paulista Robert Nahas (Flash Power/Honda) deu um importante passo para a conquista do bicampeonato do Rally Internacional dos Sertões PLP. Após a nona etapa da competição, o piloto ampliou ainda mais sua liderança entre os quadriciclos agora soma 38h15min03s. Faltando apenas um dia para o final do rali, ele está mais de três horas e meia na frente do adversário mais próximo. “Está tudo dentro do programado. Acho que agora a vitória está na mão, só algo de muito ruim para me tirar esse título”, afirma.


 


O mineiro Ricardo Purri, companheiro de Robert Nahas, superou os problemas enfrentados na quarta-feira e foi o vencedor da penúltima etapa da prova. “Ao contrário de todo o rali, essa etapa foi bem gostosa para os quadriciclos. Amais uma vez me preocupei em administrar a minha vantagem, não cometer erros e evitar qualquer problema. Aproveito também para parabenizar o Purri pela vitóreia nessa etapa”, conta o líder nos quadris.


 


O titular da Flash Power/Honda está prestes a conquistar pela segunda vez uma etapa do Campeonato Mundial de Motos e Quadriciclos. Sua primeira vitória, e a conseqüente repercussão internacional, foi justamente na sua vitória do Rally dos Sertões em 2005, quando a prova estreou como válida para o Mundial. “É muito bom, não tem gosto igual. Completar esse rali, tão difícil para os quadris, já é uma glória. Vencer é melhor ainda. Ótimo por ser válido para o Mundial, me anima a disputar uma etapa fora do Brasil”, comenta.


 


Após 10 desgastantes dias, passando por seis estados e as mais variadas situações e dificuldades, a 16ª edição da maior prova off-road da América Latina chega nesta sexta-feira (27/06) a sua última etapa. Num percurso tranqüilo de apenas 285 km, disputado inteiramente Rio Grande do Norte, os pilotos largam de Mossoró, e após um deslocamento inicial de 110 km, partem em direção às praias de Natal. “Nosso equipamento está espetacular, se comportou muito bem em todas estas etapas desgastantes. As características do rali este ano exigiam ainda mais dos quadris, mas felizmente não tivemos nenhum problema”, afirma Nahas.


 


A última especial da competição é a menor de todo o rali, com apenas 130 km. Disputada a beira do litoral potiguar, o trecho cronometrado é marcado quase que em sua totalidade por solo arenoso. “Vai ser uma etapa gostosa e divertida para os quadris. Normalmente o último trecho é o mais leve e acho que esse ano será assim de novo. Após dias desgastantes e muito difíceis, vamos encarar areia no último dia e fechar o rali com chave de ouro”, afirma. O Sertões 2008 se encerra com o último deslocamento percorrendo 80 km até a capital do Estado. “Vou seguir a mesma estratégia dos últimos dias e fazer a prova na boa, usando a cabeça, para chegar bem em Natal e só comemorar”, finaliza.


 


O Rally Internacional dos Sertões PLP começou no último dia 17 e segue até sábado (28/6), com percurso de 4.474 km. Após largar em Goiânia, os competidores atravessaram seis Estados em 10 dias, e cruzarão a linha de chegada nas praias de Natal (RN).


 


Está é a classificação extra-oficial após nove etapas:


 


1) Robert Nahas – 38h15min03s


2) Cristiano Batista – 41h48min28s


3) Ricardo Purri – 45h10min04s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *