Renault será patrocinadora do retorno do GP da França à Fórmula 1

A montadora francesa Renault será patrocinadora do retorno do GP da França ao calendário da Fórmula 1 em 2018. Tradicional na principal categoria do automobilismo mundial, o país ficou sem receber uma corrida nos últimos dez anos.

Pelo acordo, a Renault será responsável por fornecer uma frota de veículos oficiais para uso no circuito de Paul Ricard, em Le Castellet, perto de Marselha, com os quais os organizadores farão várias atividades com os fãs de Fórmula 1 em uma área que será personalizada pela marca. Além disso, no fim de semana da prova, entre os dias 21 e 24 de junho, a montadora terá direito a centenas de convidados para os camarotes do circuito.

Do outro lado, segundo o Grupo de Interesse Público (GIP) do Grande Prêmio da França, que foi quem negociou a parceria, a Renault vai se beneficiar da intensa exposição da marca durante todo o fim de semana, em especial com um camarote bastante chamativo pintado de amarelo, cor principal da equipe da montadora na categoria.

“A indústria automotiva francesa é um dos melhores recursos do país e uma fonte de orgulho nacional. Agora que conseguimos garantir o retorno do Grande Prêmio da França ao calendário da Fórmula 1 após uma ausência de dez anos, a Renault tem a oportunidade de mostrar a excelência de sua engenharia e tecnologia que está continuamente repelindo os limites do solo doméstico”, afirmou Christian Estrosi, presidente do Grupo de Interesse Público (GIP) do Grande Prêmio da França.

“O retorno da Fórmula 1 à França será um ótimo momento para todos os fãs esportivos do país e os aficionados por automobilismo. Esta parceria representa uma oportunidade maravilhosa para o Grupo Renault demonstrar o nosso compromisso com o automobilismo e nosso apoio ao Grande Prêmio da França”, comentou Cyril Abiteboul, diretor gerente da Renault Sport Racing.

“Este acordo nos dá a oportunidade de nos envolver de todo o coração com o Grande Prêmio da França. O automobilismo sempre desempenhou um papel importante na história da marca Renault, e estamos entusiasmados por poder comemorar nosso 120º aniversário ao lado dos fãs do esporte no circuito de Paul Ricard”, concluiu Bastien Schupp, vice-presidente de estratégia de marca global e comunicações de marketing do Grupo Renault.

O GP da França estreou no calendário da Fórmula 1 em 1950, junto à própria Fórmula 1, no circuito de Reims. Até 2008, a prova permaneceu ininterruptamente no calendário e passou por circuitos como Rouen-Les-Essarts, Charade, Le Mans, Dijon e o próprio circuito de Paul Ricard, que recebeu sua última prova em 1990. Entre 1991 e 2008, o GP francês foi disputado em Magny Cours.

O maior vencedor do Grande Prêmio da França é o alemão Michael Schumacher, com 8 triunfos. Em seguida, vem o piloto da casa Alain Prost, com 6 vitórias. Entre os brasileiros, apenas Nelson Piquet, em 1985, e Felipe Massa, na última prova disputada no país, em 2008, ficaram com o lugar mais alto do pódio.

Fonte: Máquina do Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *