ROC: Vettel vence Schumacher, mas português fica com o título

Alain Prost, Michael Schumacher, Sebastian Vettel… nomes estrelados da Fórmula 1 disputaram neste domingo a Corrida dos Campeões na Alemanha. Além deles, também participaram nomes importantes do mundo de esportes a motor, como Sebastian Loeb e Mick Doohan. O brilho e taça, porém, ficaram com um desconhecido: o português Filipe Albuquerque, cujo ponto alto na carreira foi o terceiro lugar na A1GP na temporada 2008/2009.

Albuquerque conquistou a taça superando nomes como o compatriota Álvaro Parente, Vettel e Loeb. Eliminado na semifinal, o atual campeão da Fórmula 1 ao menos teve o gostinho de vencer o compatriota Michael Schumacher nas quartas – pouco antes, o piloto da Mercedes havia tirado o francês Alain Prost.

“Esses caras são muito rápidos. Não posso acreditar”, comemorou Albuquerque, que venceu Loeb por 2 a 1 na disputa melhor-de-três que decidiu o evento. Curiosamente, ele integrou o Red Bull Junior Team junto com Vettel.

A disputa, acompanhada por milhares de pessoas na cidade alemã de Dusseldorf, também foi marcada por um forte acidente sofrido por Heikki Kovalainen, ex-McLaren e que correu este ano pela Lotus. O finlandês perdeu o controle de um Audi e atravessou as barreiras colocadas pela organização antes de bater em um muro de concreto. Por precaução, ele foi levado a um hospital local, mas aparentemente ele nada sofreu.

No sábado, foi realizada a disputa entre países da Copa dos Campeões, que terminou com vitória da Alemanha, que contou com Vettel e Schumacher.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *