Spyder Race Brasileiro: Depois de enfrentar problemas, Perez vence em Campo Grande

Piloto paulista enfrentou problemas no classificatório, mas mesmo largando no final do grid conquistou em Campo Grande (MS) a terceira vitória na temporada.

O paulista Fabio Perez (SP Mec) venceu nesse final de semana o GP Dekalb / Fazenda Comil válido pela 4ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Spyder Race, depois de enfrentar problemas no treino classificatório e não conseguindo registrar tempo, o que o colocou no final do grid de largada.

Já na largada, Perez ganhou duas posições e pulou para o 12º lugar; uma volta depois já aparecia em 4º lugar e já na quarta volta encostava no líder Raijan Mascarello (Guerra Motorsport) na luta pela ponta.

Raijan Mascarello manteve-se na ponta, enquanto Fernando Fortes (SP Mec) perdia rendimento e caia do segundo lugar para o fim do pelotão. Cesinha Bonilha (Cesinha Competições) em um ótimo início de prova pulou para o 2º lugar e acompanhava forte o líder até ser superado por Perez.

Na tentativa de andar rápido no mesmo ritmo dos líderes, com pneus usados, Cesinha escapa na curva 3 na 4ª volta, retornando à pista em 5º lugar.

Na categoria Light, o pole position Luiz Abbade (RSports / SDA) perdeu a liderança na segunda volta para o piloto da equipe Autogiro, Ronaldo Kastropil. O carioca Valter Pinheiro (Guerra Motorsport), líder da categoria na temporada largou em último devido a punição por falta de peso em seu protótipo e já na segunda volta surgia em 3º lugar na categoria. Na mesma volta, Peter Jr. (SP Mec) vê Carlos Ortolani (Chatô Murai Racing) rodar à sua frente mas consegue desviar e em seguida ultrapassa Miguel Mallaco (Chatô Murai Racing) subindo para o 5º lugar na categoria Light.

Na sétima volta Kastropil roda e quem assume a liderança é Valter Pinheiro; Abbade com um ótimo carro é o segundo e incomoda o ponteiro, virando pelo menos um segundo mais rápido. Na 12ª volta Pinheiro e Abbade abrem a volta lado a lado, travando a luta pela ponta, até a entrada da reta oposta quando o piloto do protótipo n° 10 fica pelo lado sujo da pista e roda, caindo para a terceira colocação.

Na entrada do Safety Car na 14ª volta, a liderança da categoria Spyder Race ficou com Fabio Perez, seguido por Raijan Mascarello, Cesinha Bonilha, Rodrigo Posses, Fernando Fortes e Henrique Assunção. Na Light, Valter Pinheiro foi o ponteiro, a frente de Ronaldo Kastropil, Luiz Abbade, Kadu e Peter Jr.

Com a saída do Safety Car, os 20 minutos finais são de pé embaixo e definem a vitória da etapa sul-mato-grossense. Perez via Raijan pelo retrovisor se aproximar, e sabia que o piloto do carro n°  15 sempre teve um bom equipamento na segunda metade da prova. “O Raijan sempre consegue um bom equipamento na segunda parte da prova. O desgaste físico e do carro é muito grande devido ao clima e se a prova tivesse mais algumas voltas não sei se conseguiria manter a ponta”, comentou Fabio Perez.

Mesmo com Abbade mais rápido, Valter Pinheiro conseguiu manter-se à frente e conquistar a 4ª vitória consecutiva, 100% de vitórias na temporada 2011 da categoria Light. O estreante londrinense Kadu conquistou o terceiro lugar, sua melhor posição de chegada.

Após a corrida, Raijan mostrava-se decepcionado por não vencer a corrida próximo a sua casa, pois é morador do estado do Mato Grosso, porém feliz com o bom resultado, importante para o campeonato: “Infelizmente não tinha carro para chegar no Perez! No começo da prova ele tinha um carro superior devido aos pneus novos, enquanto os meus já tinham aproximadamente dez voltas. Com o decorrer da prova, fui me aproximando  dele, mesmo assim só conseguiria conquistar a vitória com um erro ou problema dele”, comentou Raijan. ”O Fabio e a equipe SP Mec estão de parabéns pelo trabalho”, comentou Leandro Guerra, chefe da equipe de Raijan e Valter Pinheiro.

A próxima etapa do Campeonato Brasileiro de Spyder Race acontece na cidade de Santa Cruz do Sul (RS) no dia 21 de agosto.

Confira o resultado final da prova:

1)    Fabio Perez (SP Mec) – Race – 45min07.103
2)    Raijan Mascarello (Guerra Motorsport) – Race – à 1s415
3)    Cesinha Bonilha (Cesinha Competições ) – Race – à 16s919
4)    Rodrigo Posses (RJ Racing) – Race – à 17s437
5)    Fernando Fortes (SP Mec) – Race – à 21s561
6)    Valter Pinheiro (Guerra Motorsport) – Light – à 27s023
7)    Luiz Abbade (RSports / SDA) – Light – à 30s524
8)    Henrique Assunção (RJ Racing) – Light – à 31s372
9)    Kadu (Cesinha Competições) – Light – à 47s611
10)    Carlos Ortolani (Chatô Murai Racing) – Light – à 1min06s495
11)    Ronaldo Kastropil (Autogiro) – Light – à 1min08s629
12)    Luciano Borghesi (Cesinha Competições) – Light – à 1min40s364
13)    Peter Jr. (SP Mec) – Light – à 1min43s411
14)    Miguel Mallaco (Chatô Murai Racing) – Light – a 2 voltas
15)    Joon Park (Chatô Murai Racing) – Light – a 2 voltas
16)    Jefferson Leandrini (Champs) – Light – a 4 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *