Spyder Race: Experiência da Stock Car falou mais alto no primeiro treino oficial

Leandro Romera e Fulvio Marote, pilotos da Copa Vicar e da Pick-up Racing, respectivamente, foram os mais rápidos na manhã deste sábado em Curitiba.

O primeiro treino oficial para a etapa de abertura da Copa Spyder Race, que será disputada neste domingo (28) no Autódromo Internacional de Curitiba, confirmou o que as sessões livres de sexta-feira já apontavam: o conhecimento prévio dos 3.695 metros do circuito paranaense tem feito a diferença em favor de dois pilotos na estréia da categoria de protótipos em Curitiba.


 


No primeiro treino oficial deste sábado, o mais rápido foi Leandro Romera, que obteve a marca de 1min26s294. Romera é, também, piloto da Copa Vicar Stock Car, e correu no Paraná na semana passada na sétima etapa do Campeonato Brasileiro. A segunda posição na sessão inicial deste sábado ficou com Fulvio Marote, que marcou o tempo de 1min26s403. Da mesma maneira que Romera, Marote também esteve no circuito na semana passada, mas competindo pela Pick-up Racing. Uma experiência que, segundo ele, tem ajudado bastante.


 


“Conhecer a pista é importante em todos os sentidos. Ajuda na hora de acertar o carro, e deixa o piloto mais seguro para acelerar na busca pela melhor volta”, disse Marote. “Eu e o Leandro tivemos certa vantagem no início, mas isso deve mudar com o passar dos treinos já que esta é uma pista relativamente fácil de se assimilar. Os pilotos tendem a melhorar aos poucos, e isso é prudente já que um erro aqui em Pinhais pode custar caro, principalmente em virtude da existência de muitos trechos de alta velocidade”, acrescentou o segundo colocado.


 


Que o diga o paulista Jefferson Leandrini, da classe Light, que bateu forte na saída do Esse de Alta no último treino livre de sexta-feira. Esse foi o acidente mais sério da rodada até o momento, mas felizmente deixou apenas prejuízos financeiros. Menos de doze horas depois de se chocar violentamente contra uma das barreiras de pneus, Leandrini estava de volta à pista para marcar o melhor tempo entre os pilotos da divisão Light.


 


Com 1min29s540, ele garantiu o nono tempo na classificação geral e se firmou na posição de candidato a pole position em seu grupo. “Foi só um susto”, disse Leandrini. “A telemetria mostrou que eu estava a 165km/h no momento da batida, e felizmente nada de mais grave aconteceu. A equipe trabalhou bem, conseguiu recolocar o carro na pista, e pude voltar aos treinos. Agora é esperar a sessão de classificação para ver como terminamos o dia”, acrescentou.


 


A sessão que define o grid de largada para a primeira corrida da Copa Spyder Race – que terá provas, também, em Londrina e São Paulo nos meses de novembro e dezembro –, será as 16h20. O primeiro treino oficial deste sábado terminou assim:


 


1) Leandro Romera, 1min26s294


2) Fulvio Marote, 1min26s403


3) Rodrigo Posses, 1min27s180


4) Fábio Perez, 1min27s203


5) Antonio Avallone Jr., 1min27s976


6) Celso Freitas, 1min28s048


7) Sérgio Pistilli, 1min28s096


8) Fernando Fortes, 1min28s378


9) Jeferson Leandrini (L), 1min29s540


10) Roberto Dal Pont (L), 1min30s349


11) Yassuhiro Sassaki (L), 1min32s603


12) Paulo Andrade (L), 1min32s772


13) Luis Carlos Stink (L), 1min39s836


14) Ronaldo Kastropil (L), sem tempo


15) Hyppolito Martinez, sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *