Spyder Race: Fabio Perez vence pela segunda vez na temporada

Piloto paulista liderou a etapa deste domingo de ponta a ponta. Na classe Light, vitória foi de Rony Martins.

O paulista Fabio Perez conquistou neste domingo (09) sua segunda vitória na temporada de 2008 da Spyder Race. Ele venceu de ponta a ponta a segunda corrida do campeonato, disputada no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e com esse resultado ampliou para 14 pontos (48 a 28) a diferença que o separa de Antonio Avallone Jr. na classificação geral da categoria. O vice-líder da tabela foi o terceiro a cruzar a linha de chegada na etapa de hoje, atrás do companheiro de Perez na equipe SP Mec, Fernando Fortes.

“Este resultado é fruto do bom trabalho de toda nossa equipe. Prova disso é a segunda colocação do Fernando, que também fez uma ótima corrida. Nosso sistema de injeção eletrônica de combustível tem funcionado perfeitamente, e o acerto do carro também está ótimo. Foi uma corrida difícil, mas como consegui abrir certa vantagem no início, pude segurar a ponta no final mesmo tendo perdido a quarta marcha”, declarou o vencedor.

Embora tenha liderado todas as 26 voltas da prova, Fabio Perez teve um pouco mais de dificuldade para se manter na ponta neste domingo em relação à etapa anterior, e admitiu que contou com certa dose de sorte para vencer novamente. No início, ele liderou o pelotão seguido de perto por Avallone e por Hyppolito Martinez, que mais uma vez teve problemas de câmbio e terminou a corrida em sexto.

Também por problemas de câmbio, o atual campeão da classe Light Renan Guerra – segundo no grid e outro favorito à vitória neste domingo –, abandonou a disputa pela liderança no sétimo giro. Na décima passagem foi a vez do piloto da Stock Light Leandro Romera deixar a pista quando já estava em quarto, logo depois de completar a melhor volta da corrida.

Alheio aos problemas dos adversários, Fernando Fortes seguiu ganhando posições e pode comemorar seu melhor resultado na Spyder Race. “Comemorei este segundo lugar como se fosse uma vitória”, disse ele. “Estou a três anos e meio na categoria e nesta temporada temos conseguido um ótimo equilíbrio do carro, fruto do bom trabalho da SP Mec. O Carlos Doninha, nosso chefe de equipe, está de parabéns e tanto eu quanto o Fabio devemos a ele este bom início de temporada”, declarou o segundo colocado.

Na avaliação de Avallone Jr., a opção por continuar apostando no uso de carburador em detrimento à injeção eletrônica de combustível foi fator determinante para que ele não conseguisse a vitória. “Evoluímos no acerto da injeção, mas como ainda não chegamos ao limite da competitividade, optamos mais uma vez por usar motor carburado. Naturalmente não tive a velocidade ideal, mas na corrida meu carro vinha bem até eu perdesse rendimento em virtude da quebra da 2ª marcha”, comentou o vice-líder do campeonato.

Pela classe Light, Rony Martins confirmou o favoritismo e recebeu a bandeirada final em quarto na classificação geral. “Tive um problema de freio na quarta volta, e por isso perdi contato com os primeiros colocados. Até por isso, minha prova foi bastante difícil e terminei as 26 voltas já com menos da metade da eficiência dos freios”, avaliou o vencedor.

José Cardoso, segundo na corrida deste domingo pela classe Light, fez uma prova conservadora após escapar de um acidente no “Esse do Senna”, mas se manteve na liderança do Campeonato. “Fiz uma corrida pensando no campeonato, e estou satisfeito com o segundo lugar. Acabei rodando para evitar um acidente, e com isso perdi contato com o primeiro pelotão. Minhas chances de sonhar com a vitória na Light acabaram aí, mas ao menos pude fechar o fim de semana ainda na liderança do campeonato”, declarou Cardoso.

A terceira corrida da Spyder Race será no dia 06 de abril. A segunda etapa da temporada teve 25 carros no grid, que foi o maior do domingo no Campeonato Paulista de Automobilismo.

O resultado completo da prova foi o seguinte:

1) Fábio Perez, 26 voltas em 46min32s362
2) Fernando Fortes, a 2s590
3) Antonio Avallone Jr., a 11s718
4) Rony Martins (L), a 11s839
5) Celso Freitas, a 25s956
6) Sérgio Pistilli, a 30s636
7) Hyppolito Martinez, a 33s240
8) José Cardoso (L), a 47s305
9) Ivan Mendes, a 1min14s940
10) Yassuhiro Sassaki (L), a 2min25s855
11) Alfredo Landsberger (L), a 1 volta
12) Paulo Andrade (L), a 1 volta
13) Mauro fiamma (L), a 1 volta
14) Alexandre Câmara (L), a 1 volta
15) Douglas Meireles (L), a 1 volta
16) Evandro Pelati (L), a 1 volta
17) Alexandre Miranda (L), a 1 volta
18) Jeferson Leandrini (L), a 2 voltas
19) Henrique José, a 3 voltas
20) Ricardo Kraft, a 3 voltas
21) Jacomo Sanzone (L), a 13 voltas
22) Leandro Romera, a 16 voltas
23) Renan Guerra, a 19 voltas
24) Rodrigo Posses, a 22 voltas
25) Marco Cozzi, a 25 voltas

Os dez primeiros colocados na Spyder Race são:

1) Fabio Perez, 42 pontos
2) Antonio Avallone Jr., 28
3) Celso Freitas, 22
4) Sergio Pistili, 18
5) Fernando Fortes, 15
6) Ivan Mendes, 12
7) Ricardo Kraft, 8
8) Hyppolito Martinez, 6
9) Henrique Jose, 3
10) Charles Rotschild, 0

Os dez primeiros colocados na Spyder Race Light são:

1) José Cardoso, 35
2) Alfredo Landsberguer, 23
3) Rony Martins, 20
4) Mauro Fiamma, 16
5) Douglas Meireles, 12
6) Alexandre Miranda, 12
7) Yassuhiro Sassaqui, 10
8) Paulo Andrade, 6
9) Alexandre Câmara, 3
10) Evandro Pelati, 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *