Stock: 1 milhão de dólares e o Playoff, as atrações do Rio de Janeiro

Prova histórica, válida pela sétima etapa, será no dia 31 de agosto, no Autódromo Internacional Nelson Piquet.

A sétima etapa da Copa Nextel Stock Car será no dia 31 de agosto, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A disputa, penúltima antes do início do Playoff que definirá os dez pilotos que continuarão na briga pelo título de 2008, também terá a inédita premiação de 1 milhão de dólares para seu vencedor, a maior quantia individual já paga na história do automobilismo brasileiro. Com características peculiares, como duração de 75 minutos, dois pit stops e uma troca de pneus na segunda janela, a Sky Corrida do 1 Milhão de Dólares não poderia acontecer em um momento mais adequado. Afinal, ao lado da busca de pontos para a próxima fase da principal categoria do automobilismo nacional, tornará a prova ainda mais atraente para pilotos e público. A etapa terá transmissão ao vivo para todo o país pela Rede Globo de Televisão, dentro do Esporte Espetacular.


A programação do final de semana ainda prevê a sétima etapa da Stock Jr., que será realizada no sábado, e da Copa Vicar, divisão de acesso, em sua sexta prova, também no domingo. A programação em Jacarepaguá começará na sexta-feira, com treinos livres das três divisões, ficando para o sábado os classificatórios. Os ingressos já estão á venda e os interessados podem escolher a melhor opção pelo site oficial, www.stockcar.com.br.


A prova do dia 31 coloca a Stock Car no mesmo patamar das grandes disputas internacionais, como as 500 Milhas de Indianápolis e a o GP de Mônaco de Fórmula-1. Com sua premiação inédita como grande motivador e a luta por uma vaga no Playoff, a prova tem tudo para ser emocionante desde os primeiros treinos livres. Paralelamente, os organizadores já programação uma série de ações que tornarão a semana no Rio de Janeiro também histórica.


Apesar de toda a expectativa, Carlos Col, diretor presidente da Vicar, realizadora da Copa Nextel Stock car, aposta em uma corrida mais cautelosa na sétima etapa da temporada. “A estratégia para a prova pesará bastante, e obviamente a habilidade do piloto em andar rápido, sabendo poupar os pneus e o motor do carro. A condição para conquistar o prêmio é permanecer na corrida”, destaca Col, campeão da Stock Light em 1993.


Penúltima chance para conseguir estar no grupo que brigará pelo título, os pontos da sétima etapa também são valiosos para os pilotos. Ricardo Maurício, da Medley/WA Mattheis (Peugeot) segue na ponta, com 113 pontos, seguido de perto por Marcos Gomes, da Medley/Mattheis (Chevrolet), com 110, enquanto Thiago Camilo, da Texaco/Vogel (Chevrolet) é o terceiro, com 71, Cacá Bueno, da Eurofarma RC (Mitsubishi) é o quarto colocado, com 69, e Átila Abreu, da JF Racing (Mitsubishi) é o quinto, com 44.


Os dez mais bem colocados na classificação geral após seis etapas e que estariam no Playoff são os seguintes: 1. Ricardo Maurício, 113 pontos; 2. Marcos Gomes, 110; 3. Thiago Camilo, 71; 4. Cacá Bueno, 69; 5. Atila Abreu, 44; 6. Antonio Jorge Neto, 43; 7. Valdeno Brito, 36; 8. Alceu Feldmann e Allam Khodair, 34; 10. Popó


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *