Stock: Bicampeão Losacco fica longe dos líderes em Jacarepaguá

Ao final de uma verdadeira prova de fogo, marcada pelo calor intenso provocado pelas temperaturas acima de 35 graus no Autódromo de Jacarepaguá, o paulista Antonio Jorge Neto (RC Competições) dominou os treinos livres da terceira e penúltima etapa dos playoffs decisivos da Stock Car. Nono colocado na classificação, Neto roubou a volta mais rápida de Ricardo Maurício (Katalogo Racing) nos instantes finais da segunda sessão do dia.


A surpresa foi o desapontador 19º lugar de Giuliano Losacco (Medley). O bicampeão, que ocupa a terceira posição a 10 pontos do líder Cacá Bueno (RC), passou o dia inteiro sofrendo para encontrar as melhores regulagens para o novo traçado carioca e vai precisar melhorar bastante nas tomadas classificatórias de amanhã se ainda quiser continuar brigando pelo terceiro título. Cacá fechou em 4º.

O ar quente e úmido transformou a sexta-feira num exercício de resignação para os pilotos, obrigados a enfrentar temperaturas por volta dos 70 graus no interior dos carros. Losacco deixou o carro reclamando de dores de cabeça, mas clima típico de verão não foi a única causa de seus males. “Pela manhã, os freios estavam desequilibrados. Nas curvas para a direita, sobrecarregava os dianteiros; nas para a esquerda, era o contrário. À tarde, mexemos no acerto, mas não conseguimos encontrar a receita na maioria das curvas”, explicou.

O companheiro de equipe Guto Negrão também ficou bem para atrás e terminou apenas em 32º entre os 42 pilotos que treinaram. Guto disse que as engasgadas do motor foram a causa principal do mau rendimento. “Estava uma falhação só. Vamos checar bem os periféricos e ver se tem alguma coisa errada antes de pensar numa troca”, afirmou o 7º colocado no campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *