Stock: Burti domina mas quebra e Ruben Fontes vence em Santa Cruz do Sul

O paulista Luciano Burti largou na pole e dominou a corrida, abrindo boa vontagem em relação aos demais pilotos, até quebrar e abandonar.


A falta de sorte que os pilotos da equipe Action-Power vêm enfrentando durante essa temporada poderá garantir a não participação de Luciano Burti e Thiago Marques no playoff da categoria.

Na largada Burti mantêm a liderança, sendo seguido por Ruben Fontes, Cacá Bueno e Rodrigo Sperafico. Duda Pamplona disputa posição com Antônio Jorge Neto, ambos se tocam e Pamplona acaba saindo da pista. Neto perde algumas posições mas continua na disputa.

Um pouco mais a frente, Tarso Marques também é tocado e acaba perdendo a porta direita de seu Mitsubishi. Neto é atingido pela porta que encontra-se em vôo e tem seu radiador danificado, marcando o fim de prova do piloto da RC. Felipe Gama também roda e abandona a prova.

Valdeno Brito roda após disputa com Ricardo Maurício e escorrega de ré na pista, quase sendo atingido por Alceu Feldmann. Pedro Gomes também tenta seguir o ritmo de Ricardo Maurício, escorrega e vai parar em um dos morros da pista de Santa Cruz do Sul. Na volta aos boxes, o campeão Paulo Gomes consola o filho.

Na volta número 8, Rodrigo Sperafico chega em Cacá Bueno na luta pelo terceiro lugar, até conseguir ultrapassar o líder do campeonato na volta 14.

Na 22a. volta, com problemas na transmissão, Luciano Burti abandona a corrida, passando a ponta para Ruben Fontes da equipe JF Racing, com Sperafico na segunda posição e Cacá Bueno para completar o pódio.

Faltando 8 voltas para o final, Lossaco e Juliano Moro travam disputa de posição e tocam-se, sendo que a parte da frente do carro do bicampeão Lossaco é destruída, o mesmo acontecendo com o pára-choques traseiro de Moro, porém ambos continuam na corrida.

Chico Serra faz pela ultrapassagem em cima de Allan Khodair faltando 5 voltas para o final da prova, porém no final da reta dos boxes um pára-choques perdido na pista obrigado o tricampeão a fazer uma manobra e perder a posição de entrada na curva. Mesmo assim Serra consegue a ultrapassagem, porém na saída da curva após escorregar é obrigado a ceder passagem novamente para Khodair e também sendo ultrapassado por Valdeno Brito.

Na penúltima volta, Khodair e Valdeno brigam por posição e tocam-se, fazendo com que ambos abandonem a corrida.

Última volta e Lossaco e Moro, na curva da entrada da reta dos boxes tocam-se na briga por posições, sendo que Moro leva a pior e vai parar no barranco. Até o momento não sabe-se se haverá algum tipo de punição para algum dos pilotos.

Ruben Fontes chega a sua segunda vitória na Stock Car V8, sendo a primeira da JF Racing na temporada, inclusive dobradinha com Rodrigo Sperafico na segunda posição. O líder do campeonato Cacá Bueno completa o pódio.

A vitória anterior de Ruben Fontes havia acontecido no ano passado na etapa de Tarumã sob muita chuva e com várias voltas atrás do Safety Car.

Confira a classificação final da Etapa de Santa Cruz do Sul:

1º) Ruben Fontes (CA, GO), 34 voltas em 47:16.624 (média de 152.31 km/h)
2º) Rodrigo Sperafico (CA, PR), a 3.234
3º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 8.932
4º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 11.101
5º) Thiago Camilo (CA, SP), a 11.390
6º) Ricardo Mauricio (ML, SP), a 17.790
7º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 19.365
8º) Giuliano Losacco (CA, SP), a 27.268
9º) Chico Serra (VB, SP), a 30.654
10º) Guto Negrão (CA, SP), a 31.906
11º) Popó Bueno (CA, RJ), a 33.323
12º) Fábio Carreira (VB, SP), a 33.668
13º) David Muffato (VB, PR), a 34.320
14º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 40.147
15º) Mateus Greipel (CA, SC), a 40.636
16º) Claudio Ricci (CA, RS), a 51.338
17º) Christian Conde (ML, SP), a 1:05.248
18º) Carlos Alves (VB, SP), a 1:06.809
19º) Thiago Marques (VB, PR), a 1:14.737
20º) Mano Rola (CA, CE), a 1:20.594
21º) Wellington Justino (CA, SP), a 1:25.070
22º) Juliano Moro (ML, RS), a 1 volta
23º) Allam Khodair (CA, SP), a 3 voltas
24º) Luciano Burti (VB, SP), a 12 voltas
25º) Hybernon Cisne (CA, CE), a 15 voltas
26º) Jader David (VB, SP), a 16 voltas
27º) Nonô Figueiredo (CA, SP), a 19 voltas
28º) Ruben Carrapatoso (ML, SP), a 19 voltas
29º) Diogo Pachencki (CA, PR), a 20 voltas
30º) Gualter Salles (CA, RJ), a 20 voltas
31º) Pedro Gomes (VB, SP), a 27 voltas
32º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 33 voltas

Melhor Volta: Luciano Burti, 1:21.896

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *