Stock Car: Justiça Desportiva anula punições de Goiânia e Velocitta e Lucas Foresti recupera vitória na Corrida 2 do traçado paulista

A Confederação Brasileira de Automobilismo anunciou nesta sexta-feira (30) duas decisões finais do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Automobilismo (STJDA). A mais importante devolveu a Lucas Foresti a vitória na Corrida 2 da terceira etapa, realizada no Velocittta. A outra decisão cancelou as punições dadas a nove pilotos por ultrapassar sob bandeira amarela na segunda prova da primeira etapa, em Goiânia.
Novo vencedor – Em sessão virtual realizada ontem (29), a Comissão Disciplinar do STJDA acolheu por unanimidade recurso de Foresti contra a punição imposta pelos comissários desportivos da CBA. O acréscimo de 20s ao tempo final tirou do piloto da equipe KTF a vitória no Velocitta devido a um suposto acionamento incorreto do push to pass. Rubens Barrichello, então segundo colocado, foi homologado como vencedor. A CBA decidiu então não recorrer da decisão, que acabou revalidando o resultado de pista.
Benefício – O STJDA também anulou as punições impostas a Guilherme Salas, Lucas Foresti, Bruno Baptista, Daniel Serra, César Ramos, Thiago Camilo, Denis Navarro, Cacá Bueno e Rafael Suzuki. A decisão foi tomada no dia 22 de julho, já em segunda instância. Apesar de os últimos cinco pilotos não terem entrado com recurso, o Relator do processo decidiu estender o benefício a todos os envolvidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *