Stock Car: Ricardo Zonta e Max Wilson vencem em Goiânia

Ricardo Zonta (Shell V-Power) e Max Wilson (Eurofarma RC) foram os vencedores da penúltima etapa da temporada, disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, Goiás.  

Prova 1:

Zonta venceu a primeira prova, seguido por Diego Nunes (Full Time Bassani) e Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing). Foi a segunda vitória de Zonta no ano, e quinta na categoria.

Pole-position Daniel Serra (Eurofarma RC) manteve a ponta na largada, seguido por Fraga, Zonta e Nunes. Na quinta volta, usando o botão de ultrapassagem, Zonta superou Fraga

Serra entrou nos boxes na 15ª volta, deixando Zonta na liderança por uma volta. O ex-piloto de F-1 fez a sua parada, com Fraga também assumindo a liderança por uma volta.

Na 20ª volta, com todas s parads feitas, Zonta assumiu a liderança, seguido por Nunes, Fraga e Serra.

Na 25ª volta Serra superou Fraga, com o uso do botão de ultrapassagem. Os dois últimos campeões da categoria, e rivais na disputa pelo título de 2018, iniciaram uma intensa disputa pela terceira posição. Depois de várias trocas posições, Fraga usou o botão de ultrapassagem, e ultrapassou Serra na volta final.

Zonta venceu com 3s1 de vantagem sobre Nunes, que conquistou o seu primeiro pódio no ano. Fraga fechou o pódio.

Serra terminou em quarto, seguido por Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) e Rubens Barrichello (Full Time Sports). Nelsinho Piquet (Full Time Bassani), Júlio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), Átila Abreu (Shell V-Power) e Cesar Ramos (Blau Motorsport) completaram os dez primeiros.

Com o grid dos dez primeiros da primeira prova invertido, Ramos alinha em primeiro para segunda prova.

Final:

1. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 29 voltas em 42min34s864}
2. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 3s159
3. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 6s174
4. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 6s308
5. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 11s474             
6. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 17s500
7. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – a 18s529
8. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 21s903
9. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 23s369
10. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 23s783
11. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 24s422
12. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 25s196
13. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 29s806
14. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 31s731
15. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 37s434
16. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 39s171
17. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 39s929
18. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 42s795
19. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – a 43s401
20. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – a 1min13s696
21. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 1min33s473
22. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 1 volta
23. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 3 voltas
24. 20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) – a 3 voltas
25. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM
26. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 18 voltas
27. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – a 19 voltas
28. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 21 voltas
29. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 22 voltas
MELHOR VOLTA: Ricardo Zonta, 1min25s541 (161,3 km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Prova 2:

Wilson venceu a segunda prova. A sua segunda vitória no ano, e 12ª na categoria. Piquet, em segundo, conquistou o seu primeiro pódio na categoria. Fraga repetiu o terceiro lugar.

Ramos manteve a ponta na largada, seguido por Campos. Na segunda volta Campos chegou a superar Ramos, que recuperou a posição pouco depois.

Na quarta volta Abreu usou o botão de ultrapassagem, e superou Ramos, assumindo a ponta. Duas voltas depois Ramos abandonou com problemas no motor. Abreu liderava, seguido por Campos, Piquet, Casagrande, Barrichello, Serra e Fraga.

Abreu abriu dois segundos na liderança, mas teve que cumprir um drive-through, por queima de largada, na 10ª volta. Campos era o novo líder, seguido por Barrichello, Casagrande, Piquet, Serra e Fraga.

Barrichello começou a pressionar Campos, porem o carro começou apresentar uma vibração no capô e na parte frontal do assoalho, ocasionada por algum toque. Sendo superado por Gabriel Casagrande.

Barrichello e Casagrande entraram juntos nos pits, na 15 volta. Barrichello acabou abandonando. Piquet e Campos fizeram a parada na volta seguinte. Na saída dos boxes Wilson ficou entre Campos e Piquet. Serra também fez ótima parada, e assumiu o terceiro lugar, atrás de Campos e Wilson.

Na 21ª volta Piquet superou Serra pelo terceiro lugar. Fraga também ultrapassou Serra na volta seguinte.

Wilson ultrapassou Campos, que na sequencia também foi superado por Piquet. Wilson e Piquet passaram a duelar pela vitória, com os carros chegando a ficar lado a lado.

No final Wiilson venceu com apenas 0s4 de vantagem sobre Piquet. Fraga foi novamente o terceiro.

Depois de abandonar a primeira prova Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) terminou em quarto, seguido por Casagrande e Serra.

Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team), Allam Khodair (Blau Motorsport), Campos, com problemas no carro na volta final, e Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car), fecharam os dez primeiros.

Serra lidera o campeonato om 297 pontos, seguido por Fraga com 272.

A decisão do campeonato, em prova única, acontece no dia 09 de dezembro, em Interlagos. A prova terá pontuação dobrada, com 60 pontos em jogo.   

Final:   

1. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 29 voltas em 42min49s628
2. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – a 0s435
3. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 4s447
4. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – a 6s227
5. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 7s030
6. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 8s159
7. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 9s229
8. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 9s306
9. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 10s112
10. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 11s308
11. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 11s712
12. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 12s525
13. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 12s761
14. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 18s138
15. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 19s605
16. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 21s593
17. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 23s386
18. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 23s990
19. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – a 25s493
20. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 41s973
NÃO COMPLETARAM
21. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 13 voltas
22. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 14 voltas
23. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 17 voltas
24. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 19 voltas
25. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 23 voltas
26. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 23 voltas
27. 20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) – 24 voltas
28. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 26 voltas
29. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – não largou
MELHOR VOLTA: Felipe Fraga, 1min25s393 (161,6 km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Classificação do Campeonato:
1. Daniel Serra, 297 pontos
2. Felipe Fraga, 272
3. Rubens Barrichello, 209
4. Julio Campos, 198
5. Max Wilson, 197
6. Átila Abreu, 185
7. Marcos Gomes, 175
8. Ricardo Zonta, 174
9. Cacá Bueno, 169
10. Thiago Camilo, 129
11. Lucas di Grassi, 127
12. Gabriel Casagrande, 109
13. Cesar Ramos, 72
14. Nelson Piquet Jr, 61
15. Allam Khodair, 59
16. Rafael Suzuki, 59
17. Diego Nunes, 54
18. Ricardo Maurício, 54
19. Lucas Foresti, 47
20. Felipe Lapenna, 42
21. Vitor Genz, 42
22. Denis Navarro, 23
23. Antonio Pizzonia, 22
24. Bia Figueiredo, 19
25. Guga Lima, 16
26. Esteban Guerrieri, 13
27. Valdeno Brito, 12
28. Sérgio Jimenez, 10
29. Bruno Baptista, 10
30. Tuka Rocha, 7
31. Agustín Canapino, 5
32. Guilherme Salas, 4
33. Galid Osman, 3
34. Ricardo Sperafico, 0  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *