Stock Car: Rubens Barrichello vence pela segunda vez a Corrida do Milhão

Pela segunda vez Rubens Barrichello vence a tradicional Corrida do Milhão, e como em 2014 a vitória aconteceu em Goiânia. A etapa mais tradicional da Stock Car teve largada as 11h30 deste domingo e Barrichello largou da primeira fila atrás de Daniel Serra. Com duração de 40 minutos + 1 volta, a corrida teve duas janelas obrigatórias de parada nos boxes.

Barrichello esteve sempre entre os 4 primeiros durante toda a prova, fazendo sua primeira parada nos boxes para troca de pneus e abastecimento, voltando para pista e brigando posição por posição com o português Antônio Felix da Costa e Max Wilson. O piloto então parou para o segundo pit-stop e fez apenas um “splash and go”, famoso abastecimento rápido, e com a estratégia de salvar combustível até o final da prova e com um push a mais Barrichello venceu a Corrida do Milhão.

“Um final de semana muito especial, para guardar na memória! Meu filho Fernando comigo, acordei hoje com uma sensação de que estava tudo certinho, mas com uma vontade gigante de que ele subisse no carro comigo, assim como foi com o irmão dele em 2014. Eu lutei o dia inteiro para isso. Contei com um carro excelente, com uma equipe excepcional que fizeram um excelente trabalho na parada dos boxes”, disse o campeão da categoria de 2014.

O experiente piloto teve a presença de seu filho mais novo, Fernando Barrichello, repetindo o feito de 2014 onde tinha a companhia de seu filho mais velho, Eduardo Barrichello que hoje estava na Pennsylvania, onde acontecia a quarta etapa da Fórmula 4 americana, categoria pela qual ele disputa aos 16 anos. “Quando ganhamos e subimos no pódio, foi realmente um momento de glória. Hoje, posso dizer que com duas corridas do milhão no currículo, uma com o Dudu e outra com o Fefê me deixa um ser humano realizado. Queria agradecer de coração á todos que votaram em mim, porque hoje esse “push” a mais fez a diferença, com toda certeza o público fez parte desta vitória, então gratidão é o maior sentimento que tenho nesse momento”, completou Barrichello.

“Corrida muito apertada, e nós já sabíamos que uma classificação com 12 segundos de milésimos de diferença seria definida no detalhe. Não tivemos um excelente pit-stop na primeira parada, tão pouco uma estratégia espetacular naquele mesmo momento. Porém quando voltamos no trânsito optamos por reservar os push para a janela, e a situação de termos um push extra nos ajudou, pois nosso adversário naquele momento não tinha e funcionou. Hoje as coisas encaixaram da maneira que tinha que ser, e em uma categoria competitiva como a Stock Car é excelente sair com resultados bons assim, pois ainda temos metade do campeonato para acontecer. Vamos seguir uma etapa de cada vez”, disse Maurício Ferreira, chefe de equipe da Mobil Super Full Time.

Rubens e equipe saem na quinta posição na tabela geral do campeonato. A próxima etapa da categoria acontece em quinze dias, retornando para Campo Grande, onde teve sua última corrida em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *