Stock Car: Vitórias de Daniel Serra e Júlio Campos em Curitiba

Daniel Serra (Red Bull Racing) e Júlio Campos (Prati-donaduzzi) foram os vencedores da quarta etapa da temporada, disputada neste domingo (31/05), em Curitiba, no Paraná.

Prova 1:

Serra venceu a primeira prova, com Marcos Gomes (Voxx Racing Team) e Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) completando o pódio.

Logo após a largada, um múltiplo acidente envolveu seis carros, e provocou a entrada do Safety-Car. Allam Khodair (Full Time Sports) e Valdeno Brito (Shell Racing) se tocaram, com a confusão também envolvendo a dupla da Eurofarma RC, Max Wilson e Ricardo Maurício, Fábio Fogaça (Hot Car Competições) e Lucas Foresti (AMG Motorsport).

A relargada aconteceu na quarta volta, com Galid Osman (Ipiranga-RCM) que alinhou na pole, liderando e Serra superando Gomes. Não demorou e Serra ultrapassou Osman, que na sequencia também foi superado por Marcos Gomes (Voxx Racing Team), Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) e Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi).

Na janela para os pits stops, Gomes entrou primeiro, reabasteceu e trocou apenas o pneu traseiro esquerdo. Serra entrou na volta seguinte, trocou dois pneus do lado esquerdo. E voltou a pista com Gomes colado em sua traseira.

Serra resistiu à pressão de Gomes até o final, recebendo a bandeirada com 0s5 de vantagem. Camilo fechou o pódio.

Pizzonia foi o quarto, seguido por Osman. Rafa Matos (Schin Racing Team), Cacá Bueno (Red Bull Racing), Campos, Rubens Barrichello (Full Time Sports) e Brito completaram os dez primeiros. Brito garantiu a pole para a segunda prova (grid dos dez primeiros invertido).

Final:

1) 29. Daniel Serra – Red Bull Racing – 35 voltas em 49min44s527 (média de 155,99 km/h)
2) 80. Marcos Gomes – Voxx Racing Team – 0s528
3) 21. Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – 9s239
4) 1. Antonio Pizzonia – Prati-donaduzzi – 10s959
5) 28. Galid Osman – Ipiranga-RCM – 16s033
6) 2. Rafa Matos – Schin Racing Team – 16s732
7) 0. Cacá Bueno – Red Bull Racing – 18s397
8) 4. Júlio Campos – Prati-donaduzzi – 19s052
9) 111. Rubens Barrichello – Full Time Sports – 28s068
10) 77. Valdeno Brito – Shell Racing – 28s968
11) 70. Diego Nunes – Vogel Motorsport – 29s055
12) 14. Luciano Burti – RZ Motorsport – 36s435
13) 83. Gabirel Casagrande – C2 Team – 37s119
14) 5. Denis Navarro – Vogel Motorsport – 37s708
15) 88. Felipe Fraga – Voxx Racing Team – 38s205
16) 51. Átila Abreu – AMG Motorsport – 41s635
17) 74. Popó Bueno – Cavaleiro Racing Sports – 44s055
18) 11. César Ramos – Cavaleiro Racing Sports – 45s790
19) 8. Rafael Suzuki – RZ Motorsport. 59s384
20) 3. Bia Figueiredo – União Química Racing – 1min03s749
21) 26. Raphael Abbate – Hot Car Competições – a 1 volta
22) 73. Sergio Jimenez – C2 Team – a 3 voltas
23) 25. Tuka Rocha – União Química Racing – a 5 voltas
24) 10. Ricardo Zonta – Shell Racing – a 9 voltas
NÃO COMPLETARAM:
25) 12. Lucas Foresti – AMG Motorsport – a 24 voltas
26) 72. Fábio Fogaça – Hot Car Competições – a 27 voltas
27) 90. Ricardo Maurício – Eurofarma RC – a 29 voltas
28) 46. Vitor Genz – Boettger Competições – a 33 voltas
29) 18. Allam Khodair – Full Time Sports – a 33 voltas**
30) 65. Max Wilson – Eurofarma RC – não completou
31) 110. Felipe Lapenna – Schin Racing Team – não completou
Melhor volta: Marcos Gomes, 1min19s868 (média de 166,55 km/h)
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas
**Excluído por atitude anti-desportiva contra o carro #77

Prova 2:

Campos venceu a segunda prova. Ele se tornou o primeiro curitibano a vencer uma prova da Stock em Curitiba. Barrichello terminou em segundo, seguido por Popó Bueno (Cavaleiro Racing Sports).

Terceiro no grid, Campos assumiu a liderança logo na segunda volta. E rapidamente abriu vantagem. Na nona volta, Matos fez uma grande manobra e passou Barrichello e Brito, assumindo a segunda posição. Nas voltas seguintes, Brito foi perdendo rendimento e posições.

Faltando quatro voltas para o final, Matos, com problemas no carro, abandonou.

Nas voltas finais Campos foi pressionado por Barrichello. Mas conseguiu controlar os ataques do atual campeão, e recebeu a bandeirada com 0s7 de vantagem.

Popó Bueno fez uma grande prova, ao sair da 17 posição do grid, para o pódio.

Foresti foi o quarto, seguido por Cacá Bueno (que teve problemas no sistema de combustível, quando vinha em terceiro) e Átila Abreu (AMG Motorsport).

César Ramos (Cavaleiro Racing Sports), Raphael Abbate (Hot Car Competições), Tuka Rocha e Bia Figueiredo, parceiros na União Química Racing, fecharam os dez primeiros.

Gomes terminou na 13ª posição. Serra abandonou.

Campos assumiu a liderança do campeonato com 87 pontos, um a mais do que Bueno.

A próxima etapa acontece nos dias 27 e 28 de junho em Santa Cruz do Sul (RS).

Final:

1) 4. Júlio Campos- Prati-donaduzzi – 20 voltas em 27min07s566 (média de 163,46 km/h)
2) 111. Rubens Barrichello – Full Time Sports – a 0s725
3) 74. Popó Bueno – Cavaleiro Racing Sports – a 18s654
4) 12. Lucas Foresti – AMG Motorsport – a 19s800
5) 0. Cacá Bueno – Red Bull Racing – a 19s860
6) 51. Átila Abreu – AMG Motorsport – a 25s434
7) 11. César Ramos – Cavaleiro Racing Sports – a 25s762
8) 26. Raphael Abbate – Hot Car Competições – a 26s423
9) 25. Tuka Rocha – União Química Racing – a 27s103
10) 3. Bia Figueiredo – União Química Racing – a 36s007
11) 1. Antonio Pizzonia – Prati-donaduzzi – a 36s412
12) 21. Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – a 39s366
13) 80. Marcos Gomes – Voxx Racing Team – a 42s249
14) 28. Galid Osman – Ipiranga-RCM – a 53s494
15) 88. Felipe Fraga – Voxx Racing Team – a 1min00s767**
16) 14. Luciano Burti – RZ Motorsport – a 1min18s380
17) 70. Diego Nunes – Vogel Motorsport – a 1 voltas
18) 77. Valdeno Brito – Shell Racing – a 1 volta
19) 5. Denis Navarro – Vogel Motorsport – a 1 volta
20) 2. Rafa Matos – Schin Racing Team – a 3 voltas
21) 18. Allam Khodair – Full Time Sports – a 4 voltas
22) 8. Rafael Suzuki – RZ Motorsport – a 4 voltas
23) 83. Gabriel Casagrande – C2 Team – a 5 voltas
NÃO COMPLETARAM: 24) 90. Ricardo Maurício – Eurofarma RC – a 6 voltas
25) 29. Daniel Serra – Red Bull Racing – a 10 voltas
26) 72. Fábio Fogaça – Hot Car Competições – a 16 voltas
27) 10. Ricardo Zonta – Shell Racing – a 18 voltas
28) 73. Sergio Jimenez – C2 Team – não completou
29) 46. Vitor Genz – Boettger Competições- não completou
30) 65. Max Wilson – Eurofarma RC – não completou
31) 110. Felipe Lapenna – Schin Racing Team – não completou
Melhor volta: Lucas Foresti, 1min20s148 (média de 165,97 km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas
**Penalizado com o acréscimo de 20 segundos no tempo de prova por atitude anti-desportiva contra o carro #77

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO*:
1) Julio Campos, 87
2) Cacá Bueno, 86
3) Rubens Barrichello, 76
4) Marcos Gomes, 72
5) Daniel Serra, 60
6) Thiago Camilo, 60
7) Max Wilson, 48
8) Ricardo Maurício, 44
9) Allam Khodair, 42
10) Antonio Pizzonia, 41
*Pontuação extra-oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *