Stock: CBA cria comissão para investigar acidente

Relatório será encaminhado à FIA dentro de 30 dias

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) anunciou hoje a criação de uma comissão para investigar as causas do acidente que vitimou o piloto Gustavo Sondermann durante uma prova disputada domingo no Autódromo de Interlagos e válida pelo Campeonato Brasileiro de Stock Car – Copa Montana. Segundo o presidente da entidade, Cleyton Pinteiro, a investigação deverá guardar semelhanças aos critérios utilizados em análises praticadas na aviação:

“A dinâmica dos acidentes em pistas de corrida é particular e demanda um estudo bastante sereno em busca de informações que ajudem a evitar a repetição do sinistro. Dentro deste quadro, a comissão tem como objetivo maior identificar as causas que contribuíram para o fato.”

A comissão será formada pelo diretor jurídico da CBA, Dr. Felippe Zeraik, pelo presidente do Conselho Técnico Desportivo Nacional, Nestor Valduga, pelo presidente da Comissão Nacional de Autódromos, Márcio Pimentel, e pelos ex-pilotos Paulo Gomes – diretor de marketing e planejamento estratégico da CBA – e Ingo Hoffmann, piloto e integrante do Conselho do Desporto da CBA. O grupo inicia seus trabalhos esta semana e terá o prazo de 15 dias para entregar o relatório, prazo que poderá ser prorrogado por igual período, antes de ser enviado à Federação Internacional do Automóvel.

A Confederação Brasileira de Automobilismo guarda luto oficial de sete dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *