Stock: Chico Serra vence em Brasília na decisão para o Playoff

O tricampeão da Stock Car, o paulista Chico Serra venceu a Etapa de Brasília da categoria, na decisão das vagas para o playoff.


Com o tempo instável, os pilotos no grid se dividiram na escolha entre os pneus para pista seca e molhados. O pole position, o bicampeão Giuliano Losacco opta por iniciar a prova, que teve largada com o safety car, com pneus para pista molhada.

Na volta 3 o safety car abandona a pista e as ultrapassagens são liberadas; Chico Serra que largou com pneus para pista seca já ultrapassa Losacco e assume a ponta. Ricardo Maurício e Hoover Orsi também ultrapassam o piloto da equipe Medley/A.Matheys antes dele entrar para os boxes e realizar sua troca de pneus para os de pista seca.

Na quarta volta, Orsi ultrapassa Ricardo Maurício e assume a segunda posição. Na volta número 7, Ingo Hoffmann que largou com pneus para pista seca já assume a quarta posição.

Ingo assume a terceira posição ao ultrapassar Ricardo Maurício na volta 10, trazendo Guto Negrão. Ricardo Maurício da Katalogo Racing cai para quinto.

Cacá Bueno força tentando aproximar-se dos carros da frente quando ocupava a décima terceira posição depois de largar em 23o., escapa de frente na entrada da reta dos boxes e atinge a barreira de pneus do outro lado da pista, abandonando a prova, porém já classificado como primeiro para o playoff.

Ingo força ultrapassagem em cima de Orsi, coloca de lado e assume a segunda posição na prova, o que lhe garantiria a décima e última vaga para a etapa final do campeonato. Ingo vai baixando a diferença para Chico Serra que segue na ponta.

Faltando 10 voltas para o final, na entrada da reta dos boxes o carro de Ingo Hoffmann perde o pneu esquerdo traseiro, roda e bate na barreira de pneus, abandonando a prova e suas chances para o playoff. Jorge Neto também abandona na entrada dos boxes e obriga o safety car e entrar na pista para remoção dos carros e limpeza.

Restando 3 minutos para o fim da prova o safety car deixa a pista com Chico Serra na ponta, seguido por Pedro Gomes que sonha com a entrada no playoff, porém entre os dois Volkwagen Bora existe Giuliano Losacco, que é retardatário.

Losacco ultrapassa Serra, descontando a volta de diferença que havia recebido; Pedro Gomes não consegue chegar em Serra e luta para defender a posição de Orsi.

Depois de quase três anos longe do degrau mais alto do pódio, Chico Serra vence a prova, seguido por Pedro Gomes, que ficou de fora do playoff e Hoover Orsi que já estava classificando, fazendo um pódio dominado pelos carros da marca Volkswagen, a caçula entre as carrocerias da Stock Car V8.

Mesmo vencendo, Serra está fora do playoff~.

Confira a classificação final da etapa de Brasília:

1º) Chico Serra (VB, SP), 45 voltas em 50:18.723 (média de 156.64 km/h)
2º) Pedro Gomes (VB, SP), a 0.193
3º) Hoover Orsi (VB, MS), a 0.604
4º) Thiago Camilo (CA, SP), a 0.853
5º) Ricardo Mauricio (ML, SP), a 1.083
6º) Rodrigo Sperafico (CA, PR), a 3.162
7º) Valdeno Brito (CA, PB), a 6.831
8º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 7.275
9º) Ruben Fontes (CA, GO), a 7.535
10º) Allam Khodair (CA, SP), a 7.912
11º) Nonô Figueiredo (CA, SP), a 8.179
12º) Felipe Gama (CA, SP), a 9.121
13º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 9.401
14º) Popó Bueno (CA, RJ), a 9.486
15º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 10.463
16º) Thiago Marques (VB, PR), a 11.826
17º) Carlos Alves (VB, SP), a 12.337
18º) Júlio Campos (VB, PR), a 13.312
19º) Jader David (VB, SP), a 14.257
20º) Mateus Greipel (CA, SC), a 19.215
21º) Christian Fittipaldi (CA, SP), a 22.745
22º) Giuliano Losacco (CA, SP), a 1:00.639
23º) Luciano Burti (VB, SP), a 1 volta
24º) Wellington Justino (CA, SP), a 1 volta
25º) Mano Rola (CA, CE), a 1 volta
26º) Fábio Carreira (VB, SP), a 2 voltas
27º) David Muffato (VB, PR), a 3 voltas
28º) Hybernon Cisne (CA, CE), a 7 voltas
29º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 9 voltas
30º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 9 voltas
31º) Gualter Salles (CA, RJ), a 13 voltas
32º) Diogo Pachencki (CA, PR), a 20 voltas
33º) Christian Conde (ML, SP), a 21 voltas
34º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 25 voltas
35º) Guto Negrão (CA, SP), a 26 voltas
36º) Tarso Marques (ML, PR), a 29 voltas
37º) Ruben Carrapatoso (ML, SP), a 30 voltas
38º) Paulo Salustiano (CA, SP), a 38 voltas
39º) Juliano Moro (ML, RS), a 43 voltas

Melhor Volta: Giuliano Losacco, 59.906


Os 10 classificados para o playoff são em ordem, com a pontuação que iniciarão nessa segunda etapa do campeonato:

1º) Cacá Bueno (RC Competições), 25 pontos
2º) Hoover Orsi (Amir Nasr Racing), 20 pontos
3º) Thiago Camilo (Texaco-Golden Cross / Vogel), 16 pontos
4º) Giuliano Losacco (Medley / A. Mattheis), 14 pontos
5º) Rodrigo Sperafico (JF Racing), 12 pontos
6º) Felipe Maluhy (Terra / Avallone), 10 pontos
7º) Alceu Felmann (Neo Químaca / Boettger), 9 pontos
8º) Antônio Jorge Neto (RC Competições), 8 pontos
9º) Ricardo Maurício (Katalogo Racing), 7 pontos
10º) Guto Negrão (Medley / A. Mattheis), 6 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *