Stock: David Mufato termina em 15º no Rio de Janeiro

David Muffato era o 10º quando teve problemas de freio e concluiu em 15º. Jorge Neto partiu em 26º e completou em 17º.

A 7ª etapa da Copa Nextel Stock Car que foi disputada na manhã quente deste domingo (20 de setembro) no Autódromo de Jacarepaguá, Rio de Janeiro, teve a primeira vitória do paulista Daniel Serra na categoria. A prova foi a penúltima que decide os 10 pilotos que vão brigar pelo título no Playoff. A etapa de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no dia 4 de outubro decidirá os 10 melhores do campeonato. A Itaipava Racing Team perdeu a oportunidade de terminar a corrida entre os dez primeiros por conta de um problema de superaquecimento nos freios de David Muffato (Itaipava/Pilão/Scott), que assim, completou a prova em 15º. Antonio Jorge Neto (Itaipava/Eurofarma/Pilão) largou em 26º e completou a corrida em 17º. Neto, que era o 10º colocado até a prova do Rio, caiu para 13º. Porém, os resultados foram bons e Neto está apenas quatro pontos do 10º colocado, o paulista Allam Khodair. Eduardo Bassani, engenheiro da equipe, comentou a corrida. “Foi um bom fim de semana que infelizmente apenas 1 ponto conquistado não reflete o nosso trabalho. O David, graças a estratégia de pit stop, conseguiu liderar a corrida por algumas voltas. Infelizmente o superaquecimento dos freios tirou o David da 10ª colocação garantida para o 15º lugar. Mas o carro estava bem competitivo. Já o Neto, largando lá atrás, por conta do problema do motor ontem, não teve muito o que fazer. Ele lutou muito mas encontrou pilotos lentos a sua frente e perdeu algum tempo para ultrapassá-los. Estamos muito confiantes para Campo Grande e vamos classificar o Neto entre os dez melhores”, finalizou Bassani.

 

David Muffato – Largou em 11º e completou em 15º

 

“Foi uma corrida muito boa pensando em acerto de carro. Mas olhando o resultado é um pouco decepcionante. Decidimos retardar a nossa parada para a troca de pneus e lideramos a corrida. Quando já perdíamos muito no rendimento entrei para o boxe e trocamos os dois pneus traseiros. O carro estava bem equilibrado e chegaria fácil na 10ª colocação. Porém, quando faltavam cinco voltas, comecei a sentir o pedal do freio perder um pouco de pressão. Na penúltima volta fiquei sem freio e passei reto no fim da reta dos boxes. Meu carro estava bem competitivo. Uma pena o resultado final não refletir o desempenho que  tivemos”.

 

Antonio Jorge Neto – Largou em 26º e completou em 17º

 

“Aqui no Rio de Janeiro largar atrás fica complicado ganhar posições. O problema na classificação ontem (falha no motor) atrapalhou toda a minha corrida. Ainda perdi muito tempo atrás do Alceu Feldman. Chegava, mas ele fazia todo o traçado ‘por dentro’ e eu não consegui ganhar a posição. Pensando no Playoff claro que foi um resultado ruim, já que deixamos de estar entre os dez primeiros. Menos mal, que, apesar de ter perdido três posições, estou apenas quatro pontos da marca de classificação. Em Campo Grande vamos para uma corrida agressiva e buscar meu lugar no Playoff”.

 

No campeonato de equipes, a Itaipava Racing Team ocupa a 8ª colocação com 57 pontos.  A próxima etapa acontece em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no dia 4 de outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *