Stock: Em nota, Cacá Bueno nega “jogo de família” em Campo Grande

Na etapa de Campo Grande da Stock Car, última antes dos playoffs, o piloto Cacá Bueno, da Red Bull, foi acusado de ter facilitado a ultrapassagem de seu irmão Popó, da A. Mattheis. Áudios revelados pelo programa Globo Esporte da TV Globo, flagram conversas suspeitas entre o tricampeão e o chefe das duas equipes, Andreas Mattheis. Em nota oficial, Cacá negou as acusações.

A Confederação Brasileira de Automobilismo está investigando o caso e Cacá se defendeu, dizendo que foi ultrapassado por mais gente além de seu irmão. “É totalmente absurda e descabida a acusação de que houve ‘jogo de equipe’ ou ‘jogo de família’ durante a corrida. Ultrapassei meu irmão Popó por duas vezes na prova e fui por ele ultrapassado em três ocasiões. Fui também ultrapassado por outros pilotos. Não facilitei e nem dificultei a passagem de ninguém. Quando meu carro permitiu, defendi minha posição”, argumentou.

Cacá revelou que após o pit-stop, começou a ter problemas com o seu carro, e já que seu único rival direto no campeonato, Max Wilson, já tinha abandonado, qualquer resultado o colocaria à frente na tabela. “Os problemas no carro me fizeram perder posições, seis no total, tendo sido ultrapassado primeiro por Marcos Gomes e Ricardo Maurício. Após algumas voltas, fui alcançado pelo pelotão que era liderado por Popó Bueno, que me ultrapassou, bem como Átila Abreu, Ricardo Zonta e Xandinho Negrão. Todos eles me ultrapassaram”, enfatizou.

A reportagem do Globo Esporte que levanta as suspeitas revelou áudios nos quais Cacá pergunta em que posição o irmão precisa chegar para se classificar à fase final e quantas voltas faltam para o resto da corrida. Após ser informado que restavam apenas oito para o fim, o tricampeão conclui que “Popó tem que apertar um pouco o ritmo”.

“Em matéria veiculada pelo Globo Esporte, Átila Abreu reconhece que agi de acordo com as regras. A mesma reportagem do Globo Esporte veiculou dois momentos meus de conversas por rádio com minha equipe. No primeiro eu pergunto sobre a posição que meu irmão Popó Bueno deveria chegar para se classificar aos playoffs, uma preocupação legítima minha – afinal, trata-se de meu irmão. No segundo, eu pergunto quantas voltas faltavam para a prova se encerrar. Não ficou claro na matéria, entretanto, que naquele momento eu já havia sido ultrapassado por todo o pelotão citado acima e me encontrava em nono lugar, portanto, sem qualquer interesse individual a defender no restante da corrida”, explicou.

O maior prejudicado foi Thiago Camilo, que perdeu a vaga nos playoffs para Popó. “Finalmente, o piloto Thiago Camilo foi desclassificado da prova por cometer uma infração clara do regulamento, e por esse motivo perdeu sua classificação aos playoffs”, concluiu Cacá.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *