Stock: Etapa de Londrina pode aproximar Ricardo Maurício dos playoffs

Apenas um ponto separa o piloto da equipe Katalogo Racing do grupo de dez pilotos que vai disputar o título de campeão da temporada.



Mesmo restando quatro etapas para o início dos playoffs da Stock Car V8, alguns pilotos classificam a rodada deste domingo (23), em Londrina, como importantíssima na disputa por uma vaga no grupo dos dez pilotos que vão decidir, nas quatro provas finais, o título da principal categoria do automobilismo nacional. A quinta corrida do ano pode reorganizar as forças no pelotão que vai do quinto ao 16º colocado na atual tabela de classificação, e que, por uma questão matemática, é onde se concentram as disputas mais intensas por um lugar nos playoffs.


 


“Do Alceu Feldmann, que tem 36 pontos e ocupa o quinto lugar na tabela, ao Valdeno Brito, que soma 16 e está em 16º, a disputa nas próximas corridas está aberta e será ponto a ponto, analisa o piloto paulista Ricardo Maurício (Katalogo Racing), que ocupa o 12ª posição na classificação geral com 19 pontos, e está a apenas um do grupo dos dez primeiros colocados no campeonato. Para mim as quatro primeiras posições estão definidas, mas os nomes que vão ocupar as seis vagas que restam ainda são uma incógnita, completa o piloto.


 


Nesse cenário, a etapa deste domingo em Londrina é de extrema importância não para Ricardo Maurício, mas também para os outros pilotos que pretendem entrar no grupo dos dez. Com 25 pontos em jogo, até mesmo nomes que ainda não marcaram pontos, como os ex-pilotos de Fórmula 1 Christian Fittipaldi e Luciano Burti, e o campeão mundial de kart Ruben Carrapatoso – companheiro de Maurício na Katalogo Racing – podem entrar na briga.


 


“A partir dessa etapa, teremos não que olhar pra frente, com o objetivo de descontar a diferença para os pilotos que teriam vaga garantida se a fase classificatória terminasse hoje, mas também tomar cuidado com os pilotos que vêm de trás e que, por algum motivo, ainda não marcaram pontos, continua Maurício. “É o caso do Carrapatoso e de outros pilotos rápidos que certamente vão se recuperar nas provas que restam”, acrescenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *