Stock: Fontes e Brito otimistas após treinos coletivos

Pilotos da Neo Química-Neosoro/JF Racing manifestam ressalvas aos novos pneus e atestam evolução nos treinos em Interlagos.

Terminaram nesta quarta-feira (18) as sessões de testes coletivos que a Copa Nextel Stock Car V8 promoveu no circuito paulista de Interlagos. No total, 49 pilotos estiveram na pista durante dois dias buscando ajustes e testando variadas configurações visando a primeira das 12 etapas que compõem o calendário da temporada de 2007, marcada para a manhã deste domingo (22), novamente no Autódromo Internacional José Carlos Pace.

Para o goiano Ruben Fontes e o paraibano Valdeno Brito, companheiros na Neo Química-Neosoro/JF Racing, os testes coletivos representaram avanço no conjunto de experiências feitas. Brito confessou-se à vontade na equipe chefiada por Jorge Freitas, à qual chega nesta temporada. “Eu fiquei muito satisfeito com a organização da equipe, com a forma de todos trabalharem. A minha impressão de que seria a melhor equipe da minha carreira virou certeza”.

Brito, quinto mais rápido na terça-feira (17), fechou os testes desta quarta na 15ª posição. “Nossa maior dificuldade ainda tem sido achar o melhor acerto dos novos pneus, que são mais duros e, por uma conseqüência lógica, deixam o carro um pouco mais lento. Isso afeta muita coisa, da suspensão à calibragem. Testamos muita coisa, vimos o que funciona e o que não funciona. Não estamos no estágio máximo, mas estamos no caminho certo, sim”, atestou.

Fontes, décimo mais rápido do dia, reforçou o coro dos pilotos insatisfeitos com os novos pneus que a categoria adotou para 2007. “Esse novo pneu é de péssima qualidade, o trabalho para deixar o carro competitivo é muito maior do que nós estávamos esperando. A equipe fez muitas mudanças na configuração básica do carro, buscando essa competitividade, e as reações do carro não seguem uma tendência lógica. É claro que isso atrapalha a seqüência do trabalho”, expôs.

A análise de Fontes é a de que a dificuldade maior será vivida nos treinos. “Nós testamos um novo amortecedor, e a reação do carro, com pneus novos, foi bastante interessante. À tarde, quando todos os pilotos estavam utilizando pneus já bem gastos, eu era o mais rápido, mas fizemos mudanças nos amortecedores e não consegui voltar à pista com pneus novos”, relatou. “Com pneus gastos, nosso carro é muito competitivo, a perspectiva para a corrida é ótima”.

A programação de treinos para a primeira etapa da Copa Nextel Stock Car terá início na sexta-feira (20).

Nesta quarta-feira, somados os resultados dos dois treinos coletivos, os melhores tempos de cada piloto foram os seguintes:
1º) Rodrigo Sperafico (PR/Volkswagen Bora), 1min41s699
2º) Antonio Jorge Neto (SP/Mitsubishi Lancer), 1min41s808
3º) Thiago Camilo (SP/Chevrolet Astra), 1min41s831
4º) Luciano Burti (SP/Volkswagen Bora), 1min42s015
5º) Daniel Serra (SP/Volkswagen Bora), 1min42s036
6º) Cacá Bueno (RJ/Mitsubishi Lancer), 1min42s058
7º) Giuliano Losacco (SP/Chevrolet Astra), 1min42s201
8º) Paulo Salustiano (SP/Chevrolet Astra), 1min42s311
9º) Popó Bueno (RJ/Chevrolet Astra), 1min42s319
10º) Ruben Fontes (GO/Peugeot 307), 1min42s390
11º) Marcos Gomes (SP/Chevrolet Astra), 1min42s411
12º) Ricardo Sperafico (PR/Peugeot 307), 1min42s501
13º) Allam Khodair (SP/Chevrolet Astra), 1min42s559
14º) Ricardo Mauricio (SP/Chevrolet Astra), 1min42s565
15º) Valdeno Brito (PB/Volkswagen Bora), 1min42s568
16º) Tarso Marques (PR/Mitsubishi Lancer), 1min42s650
17º) Juliano Moro (RS/Mitsubishi Lancer), 1min42s658
18º) Ingo Hoffmann (SP/Mitsubishi Lancer), 1min42s704
19º) Mateus Greipel (SC/Volkswagen Bora), 1min42s706
20º) Felipe Maluhy (SP/Mitsubishi Lancer), 1min42s709
21º) Júlio Campos (SP/Volkswagen Bora), 1min42s727
22º) Alceu Feldmann (PR/Chevrolet Astra), 1min42s733
23º) Pedro Gomes (SP/Peugeot 307), 1min42s830
24º) Duda Pamplona (RJ/Mitsubishi Lancer), 1min42s886
25º) William Starostik (SP/Mitsubishi Lancer), 1min42s926
26º) Daniel Landi (SP/Peugeot 307), 1min42s979
27º) Felipe Gama (SP/Chevrolet Astra), 1min43s110
28º) Fábio Carreira (SP/Chevrolet Astra), 1min43s125
29º) Guto Negrão (SP/Peugeot 307), 1min43s147
30º) Gualter Salles (RJ/Chevrolet Astra), 1min43s180
31º) Hoover Orsi (MS/Volkswagen Bora), 1min43s268
32º) Carlos Alves (SP/Volkswagen Bora), 1min43s268
33º) Thiago Marques (PR/Volkswagen Bora), 1min43s272
34º) Thiago Medeiros (SP/Volkswagen Bora), 1min43s276
35º) Chico Serra (SP/Peugeot 307), 1min43s292
36º) David Muffato (PR/Volkswagen Bora), 1min43s309
37º) Atila Abreu (SP/Chevrolet Astra), 1min43s322
38º) Christian Conde (SP/Mitsubishi Lancer), 1min43s388
39º) Lico Kaesemodel (PR/Mitsubishi Lancer), 1min43s405
40º) Ricardo Zonta (PR/Peugeot 307), 1min43s442
41º) Enrique Bernoldi (PR/Volkswagen Bora), 1min43s855
42º) Ruben Carrapatoso (SP/Mitsubishi Lancer), 1min43s912
43º) Alan Hellmeister (SP/Chevrolet Astra), 1min43s941
44º) Alan Chanoski (PR/Mitsubishi Lancer), 1min43s959
45º) Nonô Figueiredo (SP/Mitsubishi Lancer), 1min44s052
46º) Mano Rola (CE/Volkswagen Bora), 1min44s453
47º) José Córdova (PR/Mitsubishi Lancer), 1min45s040
48º) Wellington Justino (GO/Chevrolet Astra), 1min45s322
49º) Hybernon Cysne (CE/Chevrolet Astra), 1min53s790

Foto: Vanderley Soares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *