Stock: Ingo Hoffmann larga na frente na estréia da Copa Nextel Stock Car 2008

O piloto, 12 vezes campeão da categoria, garantiu a pole position.

A pole position da etapa da abertura da Copa Nextel Stock Car 2008 é de um velho conhecido. Com 12 títulos da principal categoria do automobilismo nacional em seu currículo invejável,  o paulista Ingo Hoffmann, da AMG Motorsport (Mitsubishi), garantiu o lugar de destaque no grid da  prova deste domingo, no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo. O “Alemão” garantiu o melhor tempo na última bateria do novo formato de classificação, completando as duas voltas em  3min27seg208. Ao seu lado na primeira fila estará Thiago Camilo, da Vogel Motorsport (Chevrolet), que totalizou 3min27seg711, enquanto Antônio Jorge Neto, da Eurofarma RC (Mitsubishi) sairá em terceiro, 3min38seg678.  A prova deste domingo largará às 11 horas, com um total de 50 minutos e transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão, dentro do Esporte Espetacular.


Se o objetivo do novo formato de classificação era provocar mais emoção, isso acabou se confirmando. A classificação foi dividida em três partes: a primeira determinou os pilotos de 16º a 34º lugares; na segunda os 15 melhores voltaram à pista para definir as posições de 7º a 15º e finalmente a terceira, a Super Classificação, que contou com apenas seis pilotos, prevê disputas diretas em duas voltas entre 3º x 4º, 2º x 5º e 1º x 6º da fase anterior, com largada parada.  Thiago Camilo entrou na pista com Cacá Bueno, Marcos Gomes com Antônio Jorge Neto, e Ingo com Ricardo Maurício.


Na última disputa, Ingo deu mais um show em sua vitoriosa carreira, com uma largada incrível que surpreendeu seu adversário direto. “Eu larguei bem hoje. Treinei a largada quando saí dos boxes e pude corrigir os erros, mas já não sei qual foi o erro do Ricardo Maurício. Havia adotado uma estratégia errada por causa da tensão e adrenalina, foi uma pole cansativa de conquistar. Daqui pra frente vou usar uma nova estratégia, mas ela é segredo”, explicou.


Para ele, o pole é importante. “Largar na frente é um caminho andado e boa parte da prova concluída. O peso dessa pole é muito importante, aliás, toda pole é, mas já não sei qual pole é essa da minha carreira.  Graças a Deus estou contente de alcançar esse resultado porque nesta altura da minha vida, com 55 anos, estar competitivo diante desses jovens pilotos maravilhosos,  eu fico muito emocionado”, finalizou.


Para Thiago, sua disputa foi a mais complicada. “A minha corrida contra o Cacá foi a única em aconteceram reais tentativas de ultrapassagem ao longo das voltas. O Ingo passou o Ricardinho (Maurício) na largada e fez duas voltas limpas. Eu tive que me defender do Cacá na Curva do Lago, botei uma segunda marcha para não perder a posição e acabei perdendo mais que o meio segundo que me separou da pole nesta manobra. Eu tinha carro para largar na pole, mas não posso reclamar do segundo lugar. Largar na primeira fila na abertura da temporada é ótimo, o carro andou sempre bem com pneus velhos, em situação de corrida, e tenho certeza que se não der nenhuma zebra e eu completar amanhã será numa excelente posição”, disse o piloto.


Classificatório primeira etapa da Copa Nextel Stock Car:


1ª parte:


1º)  Thiago Camilo  (CA, SP), 1:40.616, média de 154.17 Km/h
2º)  Popó Bueno  (CA, RJ), 1:40.687
3º)  Marcos Gomes  (CA, SP), 1:40.744
4º)  Ricardo Mauricio  (P3, SP), 1:40.758
5º)  Ingo Hoffmann  (ML, SP), 1:40.824
6º)  Pedro Gomes  (P3, SP), 1:40.873
7º)  Nonô Figueiredo  (ML, SP), 1:40.960
8º)  Guto Negrão  (CA, SP), 1:40.990
9º)  Luciano Burti  (P3, SP), 1:41.000
10º)  Cacá Bueno  (ML, RJ), 1:41.001
11º)  Atila Abreu  (P3, SP), 1:41.014
12º)  Daniel Serra  (CA, SP), 1:41.034
13º)  Antonio Jorge Neto  (ML, SP), 1:41.071
14º)  David Muffato  (P3, PR), 1:41.071
15º)  Valdeno Brito  (CA, PB), 1:41.096
16º)  Hoover Orsi  (CA, MS), 1:41.107
17º)  William Starostik  (P3, SP), 1:41.113
18º)  Lico Kaesemodel  (ML, PR), 1:41.131
19º)  Giuliano Losacco  (P3, SP), 1:41.189
20º)  Duda Pamplona  (ML, RJ), 1:41.202
21º)  Tarso Marques  (P3, PR), 1:41.211
22º)  Alceu Feldmann  (CA, PR), 1:41.218
23º)  Rodrigo Sperafico  (ML, PR), 1:41.311
24º)  Ricardo Zonta  (P3, PR), 1:41.327
25º)  Juliano Moro  (CA, RS), 1:41.375
26º)  Felipe Maluhy  (ML, SP), 1:41.395
27º)  Allam Khodair  (CA, SP), 1:41.417
28º)  Thiago Marques  (P3, PR), 1:41.492
29º)  Norberto Gresse  (P3, SP), 1:41.608
30º)  Ricardo Sperafico  (P3, PR), 1:41.679
31º)  Antonio Pizzonia  (P3, AM), 1:41.762
32º)  Carlos Alves  (ML, SP), 1:41.763
33º)  Thiago Medeiros  (ML, SP), 1:41.830
34º)  André Bragantini  (P3, SP), 1:41.849


Melhor Volta: Thiago Camilo, 1:40.616


 2ª parte:


1º)  Ricardo Mauricio  (P3, SP), 1:40.338, média de 154.60 Km/h
2º)  Marcos Gomes  (CA, SP), 1:40.356
3º)  Thiago Camilo  (CA, SP), 1:40.441
4º)  Cacá Bueno  (ML, RJ), 1:40.459
5º)  Antonio Jorge Neto  (ML, SP), 1:40.581
6º)  Ingo Hoffmann  (ML, SP), 1:40.750
7º)  Guto Negrão  (CA, SP), 1:40.767
8º)  Luciano Burti  (P3, SP), 1:40.895
9º)  Atila Abreu  (P3, SP), 1:41.013
10º)  Pedro Gomes  (P3, SP), 1:41.057
11º)  David Muffato  (P3, PR), 1:41.068
12º)  Daniel Serra  (CA, SP), 1:41.075
13º)  Popó Bueno  (CA, RJ), 1:41.108
14º)  Valdeno Brito  (CA, PB), 1:41.275
15º)  Nonô Figueiredo  (ML, SP), 1:41.344


Melhor Volta: Ricardo Mauricio, 1:40.338


3ª parte:


1º) Ingo Hoffmann (ML, SP), 2 voltas em 3:27.208 (média de 149.72 km/h)
2º) Thiago Camilo (CA, SP), a 0.502
3º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 0.469
4º) Ricardo Mauricio (P3, SP), a 0
5º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 0
6º) Marcos Gomes (CA, SP), a 1 volta


Melhor Volta: Cacá Bueno, 1:40.798

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *