Stock Light: Equipe ATW avalia como positiva sua estréia

Time não completou a prova devido a uma falha mecânica com Renato Russo e o toque de um adversário tirou Cristiano Federico.

Apesar de não completar a corrida com os pilotos Cristiano Federico e Renato Russo, a equipe ATW (Helisolutions/Nokia/Armortek/Colonial Racing) avaliou como positiva sua estréia no Campeonato Brasileiro de Stock Car Light, que iniciou o torneio 2007 neste domingo em Interlagos.

Renato Russo, que largou na 10ª posição do grid, vinha fazendo uma prova cautelosa e ocupava a 7ª colocação quando enfrentou uma pane elétrica e abandonou a disputa. “Vinha fazendo uma corrida tranquila, pois percebi que o pessoal que tava na minha frente vinha se tocando, batendo roda, e estava guardando carro para as voltas finais. Mas o carro apagou na 8ª volta e acabou ali aminha participação.”, disse Russo.

Já Cristiano Federico vinha fazendo uma corrida de recuperação. Depois de largar na 22ª posição, Cris veio ganhando posições e já na oitava volta ocupava a 9ª colocação. Mas na volta seguinte foi atingido pelo carioca Lucas Molo na freada da curva do Bico de Pato e teve de abandonar a corrida. “O Molo forçou a ultrapassagem naquele ponto, bateu na minha lateral e me colocou para fora da pista. Foi uma pena pois vinha fazendo uma corrida muito boa e ia garantir os primeiros pontos da equipe logo na sua estréia”, lamentou Federico.

Mas a performance demonstrada tanto nos treinos como na prova deixou a todos no time animados para a sequência do campeonato. “Deu para perceber que estamos no caminho certo. No primeiro fim de semana de trabalho colocamos os dois carros do time entre os dez primeiros ao longo da prova e acredito que com a sequência do trabalho vamos evoluir ainda mais”, analisou Cris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *