Stock Light: Robe vence corrida 1 e assume liderança provisória da Stock Light

Depois de encerrar um jejum de três anos sem vitórias na Stock Light, na etapa passada em Interlagos, Gabriel Robe chegou forte ao Velocitta, palco da terceira etapa da temporada 2021 e, depois de conquistar a pole position, venceu a corrida 1, foi a 117 pontos e assumiu a liderança provisória do campeonato. Arthur Leist ficou em segundo e Zezinho Mugiatti completou o pódio.

Entre os Rookies, a vitória ficou com Enzo Elias, que disputou no Velocitta sua primeira corrida na Stock Light.

Consciente de que nada está garantido ainda, Robe vai confiante para a corrida 2, marcada para este domingo às 11h15 (horário de Brasília) e que terá transmissão do yooutube.com/stockcarchannel e Bandsports.

“Estou muito feliz com esta segunda vitória consecutiva, mas tem muita coisa para acontecer ainda, pois o Felipe Baptista vai largar na frente. Acredito que a gente tem potencial para buscar mais um pódio amanhã e sair daqui como maior pontuador do campeonato e com a liderança definitiva”, disse Robe.

Leist, companheiro de Robe na Motortech, disse acreditar que a vitória está próxima, depois de conquistar seu terceiro segundo lugar na temporada.

“Este é meu terceiro segundo lugar e eu estou muito feliz pela corrida que a gente teve. Tínhamos um ritmo muito bom e a equipe está de parabéns pelo ótimo trabalho. A vitória está batendo na trave, mas logo logo ela chega”, disse o gaúcho de Novo Hamburgo.

Mugiatti disse que enfrentou dois adversários muito duros na corrida deste sábado: o atual campeão Pietro Rimbano e o forte calor dentro do carro da W2 ProGP.

“Foi uma corrida muito difícil, principalmente por ter que segurar o Rimbano o tempo inteiro e eu estou exausto, pois estava muito quente dentro do carro, tanto que meu pé chegou a queimar, mas foi uma ótima corrida. Estamos evoluindo e se Deus quiser ainda vamos subir no andar mais alto do pódio.”

Enzo Elias disse que enfrentou dificuldades no começo da prova, mas depois que pegou a mão conseguiu imprimir um bom ritmo e finalizou dizendo que acredita em pódio no domingo.

“Eu devo muito à W2, que me deu um carro muito bom, mas foi uma corrida bem difícil, pois demorou um pouco para eu entender o ritmo de corrida. Assim que eu entendi passei a ser um dos carros mais rápidos da pista. Estou muito feliz e tenho certeza de que amanhã vamos brigar por um pódio na geral”.

A corrida

Logo na largada, o pole position Gabriel Robe conseguiu segurar a ponta e abriu certa vantagem sobre seu companheiro de equipe, Arthur Leist, o segundo do grid. Mais atrás, Felipe Papazissis, que largou em décimo, não arrancou bem e caiu para 14º.

Na segunda volta, Zezinho Mugiatti partiu para o ataque e tomou a terceira posição de Raphael Reis, que pouco depois sofreu um toque de Felipe Baptista quando voltava de uma escapada da pista e jogou Raphinha para a grama.

Dois giros mais tarde, o estreante Enzo Elias, que havia sido ultrapassado por Lucas Kohl, conseguiu superar Kohl para recuperar a sexta posição. Enquanto isso, a direção de prova anunciava que Felipe Baptista era punido com uma passagem pelos boxes por causa do toque em Raphinha Reis.

Mais atrás, Papazissis, que no começo havia caído para último, fazia boa corrida de recuperação, ultrapassava Dante Fibra para assumir a décima posição. Lá na frente, Gabriel Robe seguia líder, mas seguido de perto por Arthur Leist, cerca de um segundo atrás.

Na abertura da oitava volta, Raphael Reis, que perdeu muitas posições depois do toque de Felipe Baptista, começava a se recuperar ao ultrapassar Rapphael Teixeira para assumir a 11ª posição.

Entre os Rookies, a liderança era do sexto colocado na geral Enzo Elias, que fazia sua estreia no Velocitta, seguido por Lucas Kohl.

Faltando 13 minutos para o final da corrida, Dante Fibra rodou e deu a nona posição de presente para Felipe Papazissis. Quem também se deu bem foi Raphael Reis, que subiu para décimo e àquela altura garantia a primeira posição do grid de largada para a corrida 2.

Duas voltas mais tarde, Raphia Reis acionou o botão de ultrapassagem e tomou a nona posição de Papazissis, que passou a ser perseguido por Gabriel Lusquiños e Felipe Baptista, que disputavam a 11ª posição.

Faltando sete minutos para o final da corrida, Felipe Baptista superou Lusquiños, logo depois Papazissis e pulou para a décima posição.

Lá na frente, Gabriel Robe mantinha a ponta, cerca de um segundo e meio à frente de Arthur Leist, que vinha forte e não deixava seu companheiro de Motortech se distanciar. Um pouco mais atrás, a disputa pela terceira posição seguia forte entre Zezinho Mugiatti e o atual campeão, Pietro Rimbano.

Consistente na liderança, Robe não permitiu a aproximação de Leist e recebeu a bandeirada quadriculada para conquistar sua segunda vitória seguida na temporada, com seu companheiro de equipe em segundo e Zezinho Mugiatti em terceiro.

Entre os Rookies, a vitória ficou com Enzo Elias, seguido por Lucas Kohl em segundo e Pedro Ferro em terceiro.

Confira o resultado da corrida:

1 Gabriel Robe (Motortech)
2 Arthur Leist (Motortech) a 1.527
3 Zezinho Muggiati (W2 ProGP) a 9.490
4 Pietro Rimbano (Hot Car Competições) a 11.419
5 Enzo Elias (W2 Racing) a 11.703
6 Lucas Kohl (KTF Sports) a 14.984
7 Matheus Iorio (KTF Racing) a 21.346
8 Pedro Ferro (KTF Racing) a 26.739
9 Felipe Baptista (KTF Sports) a 30.025
10 Raphael Reis (W2 Racing) a 30.335
11 Gabriel Lusquiños (W2 ProGP) a 30.768
12 Felipe Papazissis (RKL Competições) a 36.495
13 Raphael Teixeira (Motortech Motorsports) a 39.294
14 Dante Fibra (Hot Car Competições) Não completou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *