Stock Light: Salas vence a quinta na temporada

Atual líder do campeonato abre rodada dupla de Londrina triunfando de ponta-a-ponta na tarde deste sábado.

Principal nome da Stock Light na temporada 2019, Guilherme Salas venceu mais uma na categoria. Desta vez, o triunfo veio na corrida que abriu a programação da rodada dupla de Londrina. Esta é a quinta vitória em seis corridas e, na única que não venceu (a primeira corrida do ano, no Velopark), terminou em segundo lugar.

Largando da pole position, Salas imprimiu um ritmo forte desde o início e, mesmo com o esforço de Gustavo Frigotto (com quem dividiu a primeira fila) para se aproximar, ele não se abalou e foi construindo um vantagem sólida que só foi anulada por conta do forte acidente do atual campeão, Raphael Reis, que perdeu o freio e bateu forte no fim da reta oposta – sua presença, inclusive, é dúvida para o domingo por conta dos danos no carro. Por conta da pancada, a prova acabou com Safety Car.

“Nosso ritmo nas primeiras voltas era muito bom e foi justamente onde eu consegui abrir vantagem. Nosso carro era espetacular, estava bem na mão mesmo. Vamos amanhã para mais um desafio, que acredito que será bem maior”, conta o vencedor, que sai de décimo por conta do grid invertido e torce para repetir o que fez na última etapa, em Goiânia, quando venceu partindo da mesma posição.

Eu espero que se repita o que aconteceu em Goiânia, mas sei que é difícil de acontecer novamente, pois são pistas diferentes e aqui é muito difícil de ultrapassar, porque a reta daqui é enorme. Vamos ver se conseguimos cumprir esse desafio também”, comenta. Frigotto manteve a segunda posição na bandeirada, a mesma coisa acontecendo com o bicampeão Marcio Campos, que completou o pódio.

A segunda corrida do fim de semana está marcada para as 8h58 (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo YouTube da Stock Car (stockcarchannel) e pelo UOL Esporte, via Motorsport.com. Confira o resultado final da prova 11 em Londrina:

1. Guilherme Salas (KTF), 22 voltas em 35min13s
2. Gustavo Frigotto (RKL), a 0s546
3. Marcio Campos (Motortech), a 0s848
4. Lukas Moraes (Carlos Alves), a 1s667
5. Diego Ramos (W2 Shell V-Power), a 3s191
6. Raphael Abbate (L3), a 3s557
7. Pietro Rimbano (RSports), a 5s900
8. Marco Cozzi (SG Racing), a 8s269
9. Matheus Iorio (Crown Racing Jr), a 8s633
10. Gustavo Myasava (MRF), a 10s719
11. Erik Mayrink (KTF), a 10s907
12. Gabriel Lusquiños (Carlos Alves), a 11s696
13. Leonardo Sanchez (MRF) , a 15s228
14. Pedro Caland (RKL), a 1 volta
15. Lauro Traldi (MRF), a 1 volta
16. Raphael Reis (W2 Shell V-Power), a 3 voltas
17. Pedro Boesel (Crown Racing Jr.), a 4 voltas

Não completaram 75% da prova:
18. Gabriel Robe (MRF), a 5 voltas
19. Felipe Papazissis (RSports), a 9 voltas
20. Raphael Teixeira (SG), a 13 voltas
21. André Moraes Jr (Motortech), a 18 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *