Stock: Londrina é um autódromo de emoções para pilotos e público segundo Serra

Um fim de semana de emoções fortes. Para os pilotos e, principalmente, para o público. Do lado dos pilotos, a necessidade de absoluta concentração para tentar explorar bem as características da pista, marcada por duas grandes retas e curvas de baixa velocidade.


Além de um carro muito bem acertado em suspensão e rigorosamente equilibrado no conjunto de transmissão, os freios precisam estar eficientes para resistir às fortes reduções no final das retas. A concentração dos pilotos será fundamental para frear nos pontos ideais e acertar muito bem as reduções de marchas e o contorno das curvas.

Essa é a previsão de Chico Serra, tricampeão da Stock Car em 1999-2000-2001 e vencedor em Londrina no dia 25 de junho de 2000, há pouco mais de seis anos. Por conhecer todos os tipos de emoções, desde o kart até a Fórmula 1, Serra espera curtir muito bem os 3.145 metros do autódromo internacional Ayrton Senna.

Para o piloto paulista, as características bem singulares da pista representam garantias das emoções que prevê dentro e fora dos automóveis.  “Da mesma forma que os pilotos exalam a adrenalina na condução dos carros, pela mescla de alta e baixa velocidades, a pista estreita, os muros muito próximos e a reduzida área de escape, fazem o público vibrar com a passagem dos carros por cada ponto do circuito”.

Para Chico Serra, a dificuldade de ultrapassagem representa outro atrativo para a quinta etapa do campeonato. Por isso, justifica que será importante aproveitar bem as sessões de treinos e de classificação. “Pela dificuldade de ultrapassagem, é imprescindível largar entre os primeiros e caprichar para não cometer erros ou envolver-se em acidentes provocados por outros concorrentes”.

“Por essas características, gosto muito de correr em Londrina. O desempenho vai depender do carro. Temos progredido a cada prova e esperava atingir o ponto ideal na última corrida, em Interlagos, o que não aconteceu. Tenho fé que isso ocorra em Londrina, onde gostaria de reviver a vitória que conquistei”, concluiu Serra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *