Stock: Marcos Gomes vence em Cascavel

Marcos Gomes (Carlos Alves Competições) venceu neste domingo (1/09), em Cascavel, no Paraná, a 8ª etapa da temporada. Foi a segunda vitória de Gomes no ano, as duas em Cascavel. Daniel Serra (Red Bull Racing) foi o segundo, seguido por Max Wilson (Eurofarma RC).

Quarto no grid, Gomes assumiu a ponta após a parada nos boxes, para o reabastecimento e troca de pneus. Gomes superou o pole-position, Rubens Barrichello (Full Time Competições), que apenas reabasteceu.

Gomes venceu, após 37 voltas e 42m12s551, com 0s970 de vantagem sobre Serra. Wilson completou o pódio.

“Para vencer hoje em dia na Stock Car temos que ter um carro bom, uma equipe muito bem preparada e muita sorte. As coisas tem que dar certo. E aqui deu. Na chuva, muita gente disse que tinha dado certo pelas condições diferentes da pista. Agora deu certo no seco também. Tenho que agradecer a energia positiva que Cascavel tem dado para mim”, comentou o vencedor.

Sergio Jimenez     (Voxx Racing Team)terminou em quarto, seguido por Allam Khodair (Vogel Motorsport), Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) e Luciano Burti (Boettger Competições).

Cacá Bueno (Red Bull Racing), que largou em último devido a uma punição por reabastecer após o treino classificatório, terminou na 8ª posição.

Rafa Matos (Hot Car Competições) e Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing) completaram os dez primeiros.

Barrichello teve que entrar nos boxes nos minutos finais, para trocar o pneu traseiro direito. Terminou em 26º.

Ricardo Maurício (Eurofarma RC) superou Barrichello pela liderança, na 3ª volta. Contudo na metade da prova, Maurício rodou sozinho, com Barrichello reassumindo a liderança.

Durante a parada nos boxes, Maurício se envolveu em um toque com Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), que foi liberado pela equipe antes da hora. Nos minutos finais da prova, Maurício recolheu o carro para os boxes.

Abreu teve uma prova complicada. Com um carro rápido, passou Wilson, pelo terceiro lugar, usando a parte de fora da pista. Em uma decisão polêmica, a Direção de Prova puniu o piloto com um Drive-through. No final, Abreu abandonou. 

Três pilotos são excluídos:

Os comissários desportivos da Confederação Brasileira de Automobilismo decidiram há poucos minutos excluir da oitava etapa do Circuito Nova Schin Stock Car três pilotos que disputaram a corrida deste domingo. Allam Khodair, Vitor Genz e Rodrigo Pimenta foram excluídos por irregularidades no abastecimento. Pimenta já tinha sido penalizado com 20 segundos no tempo final por excesso de velocidade nos boxes justamente durante a parada obrigatória para colocação de combustível.

Com isso, o pentacampeão Cacá Bueno subiu para sétimo lugar e aumentou de sete para oito pontos a vantagem na liderança para seu companheiro de equipe o vice-líder Daniel Serra. Cacá passou a ter 138 contra 130 do filho do tricampeão Chico Serra. Quem também ganhou um ponto foi Thiago Camilo, que chegou aos 128 pontos.

Final:

1) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), 37 voltas em 42min12s551, média de 160,84 km/h
2) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 0s970
3) Max Wilson (Eurofarma RC), a 2s765
4) Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team), a 4s097
5) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 7s738
6) Luciano Burti (Boettger Competições), a 7s839
7) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 7s955
8) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 9s491
9) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), a 10s245
10) Valdeno Brito (Shell Racing), a 10s539
11) Diego Nunes (RC3 Bassani), 11s266
12) Julio Campos (Prati-Mico’s Racing), a 11s556
13) Duda Pamplona (Officer ProGP), a 11s563
14) Denis Navarro (Voxx Racing Team), a 12s794
15) Tuka Rocha (BMC Racing), a 13s196
16) Popó Bueno (Shell Racing), a 14s716
17) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 15s862
18) Gabriel Casagrande (RC3 Bassani), a 20s527
19) Fábio Fogaça (Vogel Motorsport), a 20s961
20) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 27s392
21) Rodrigo Sperafico (Prati-Mico’s Racing), a 28s069
22) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 31s005
23) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 45s459
24) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 49s123
25) Rubens Barrichello (Full Time Competições), a 56s262
26) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 4 voltas
27) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 6 voltas
28) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), a 7 voltas
29) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 8 voltas
30) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 20 voltas
31) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 28 voltas

Pilotos excluídos: Allam Khodair (Vogel Motorsport), Vitor Genz (Gramacho Competições) e Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições).

Melhor volta: Rubens Barrichello, 1min02s494, média de 176,16 km/h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *