Stock: Marcos Gomes vence em Cascavel

Marcos Gomes (Carlos Alves Competições) venceu neste domingo (16/06), em Cascavel, no Paraná, a sexta etapa da temporada. Foi a primeira vitória de Gomes desde 2009, e a sua quinta na categoria. Os paranaenses Ricardo Sperafico (Officer ProGP) e Julio Campos (Prati Donaduzzi) completaram o pódio, para festa da torcida.

Disputada com chuva, a prova teve duas entradas do Safety-Car. A relargada final aconteceu faltando dois minutos para o final. Daniel Serra (Red Bull Racing), que vinha em quinto, perdeu o controle do carro ao subir na zebra, e bateu forte no muro interno no final da reta dos boxes. Com a bandeira vermelha, de paralisação de prova, o resultado final obedeceu a ordem da volta anterior, a 30ª.

Gomes, que largou na pole, só perdeu a liderança durante a parada obrigatória nos boxes. Sperafico foi o segundo, seguido por Campos. O piloto da Prati Donaduzzi ultrapassou o piloto da Officer ProGP, pouco antes da batida de Serra, mas como a prova foi encerrada com a volta anterior, Sperafico ficou com o segundo lugar.

“Há algum tempo eu, que estava acostumado a andar entre os primeiros, comecei até a me questionar se poderia voltar a ser o mesmo piloto de antes. Essa vitória tira um peso das minhas costas e me deixa mais tranquilo para continuar a carreira“, disse Marquinhos.

Diego Nunes (Bassani Racing) terminou em quarto, seguido por Serra e Ricardo Maurício (Eurofarma RC). David Muffato (Carlos Alves Competições), Sérgio Jimenez (Voxx Racing), Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) e Valdeno Brito (Shell Racing) fecharam os dez primeiros.

Cacá Bueno (Red Bull Racing), que começou a prova na liderança do campeonato, terminou em 11º.

A primeira entrada do Safety-Car aconteceu na 18ª volta, com a batida de Felipe Lapenna (Hanier Racing). Coincidentemente a janela de reabastecimento abriu justamente naquele momento, adiando a entrada dos carros nos boxes.

Com a prova reiniciada, os pilotos começaram a entrar nos boxes. Gomes parou na 22ª volta, retornando a liderança quando a janela se fechou.

O segundo Safety-Car aconteceu faltando seis minutos para o final. Luciano Burti (Boettger Competições) tocou Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer), com a confusão envolvendo também Lico Kaesemodel, parceiro de equipe de Burti. Com o carro de Figueiredo muito danificado, o Safety-Car foi acionado.

Maurício é o novo líder, com 111 pontos, um a mais do que Serra. Bueno, com 107 é o terceiro.

A próxima etapa acontece apenas no dia 11 de agosto, no circuito de rua de Ribeirão Preto.

Final:

1) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), 30 voltas em 38min06s203, média 144,46 km/h
2) Julio Campos (Prati Donaduzzi), a 0s742
3) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 0s945
4) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 1s541
5) Daniel Serra (Red Bull Racing), 1s933
6) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 2s369
7) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 2s517
8) Sérgio Jimenez (Voxx Racing), a 2s753
9) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 2s875
10) Valdeno Brito (Shell Racing), a 3s022
11) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 3s801
12) Fábio Fogaça (Vogel Motorsports), a 4s222
13) Rubens Barrichello (Full Time), a 5s516
14) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 5s726
15) Luciano Burti (Boettger Competições), a 6s485
16) Tuka Rocha (BMC Racing), a 7s010
17) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 7s474
18) Max Wilson (Eurofarma-RC), a 7s933
19) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 8s487
20) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 8s488
21) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi), a 9s680
22) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 12s932
23) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 1 volta
24) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 1 volta
25) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer), a 4 voltas
26) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 4 voltas
27) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer), a 10 voltas
28) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 14 voltas
29) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), a 18 voltas
30) Denis Navarro (Voxx Racing), a 26 voltas

Excluídos
Allam Khodair (Vogel Motorsports), a 5s396
Popó Bueno (Shell Racing),
Duda Pamplona (Officer Pro GP),

Os dez primeiros da Stock Car:
1) Ricardo Maurício, 111 pontos
2) Daniel Serra, 110
3) Cacá Bueno, 107
4) Thiago Camilo, 88
5) Max Wilson, 64
6) Valdeno Brito, 62
7) Ricardo Zonta e Tuka Rocha, 51
8) Rubens Barrichello, 48
9) Marcos Gomes, 46
10) Julio Campos, 45

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *