Stock: Max Wilson vence primeira etapa em Interlagos

Depois de uma disputa acirrada com Cacá Bueno, o piloto da Eurofarma alcançou a liderança da prova e conquistou a vitória em Interlagos.

Max Wilson, da Eurofarma RC (Chevrolet), foi vencedor da primeira etapa da Copa Caixa Stock Car ao completar as 27 voltas no circuito de Interlagos com o tempo de 48min01seg347. O piloto de 37 anos impôs ritmo forte, e fez uma disputa muito acirrada com Cacá Bueno pela liderança da prova. O segundo lugar ficou com Átila Abreu, da AMG Motorsport(Chevrolet) marcando 48min08seg448, seguido de Nonô Figueiredo, da Cosan Mobil Super Racing, (Chevrolet), com o tempo de 48min13seg761. Nonô, aliás foi um dos destaques da disputa, pois largou em 21º e fez uma excelente prova, ultrapassando seus concorrentes e conquistando um lugar no pódio. A etapa reuniu 26 mil pessoas e a segunda prova da Copa Caixa Stock Car será no dia 11 de abril, em Curitiba.

Max largou na segunda posição, e desde as primeiras voltas, mostrou muita determinação em buscar a ponta. Quando assumiu a liderança, durante o reabastecimento de Cacá, soube manter bom desempenho. Quando foi para o boxe, conseguiu voltar à frente de seu oponente graças ao bom trabalho de sua equipe. E mesmo pressionado por Cacá Bueno administrou bem e cruzou em primeiro.

Cacá, por sua vez, estava com um bom ritmo, mas teve problemas durante a corrida. No reabastecimento, acabou perdendo muito tempo, mesmo assim voltou em segundo, atrás de Max Wilson. Depois, com um dos pneus traseiros furado, teve de retornar aos boxes, perdendo muitas posições, e voltando à pista na décima posição.

Com um carro veloz, Max Wilson conseguiu administrar suas posições no grid e aproveitou todas as oportunidades para conquistar a vitória. “A corrida foi boa e meu carro estava competitivo. Desde os treinos foi feito um grande trabalho para que eu pudesse atingir o meu objetivo de manter meu carro rápido durante toda a prova. Arrisquei ultrapassagens em cima de Cacá e procurei não abrir espaço desde a largada, mas como ele teve problemas com um pneu, aproveitei para assumir a liderança. Depois foi só manter o ritmo, já que a distância (cerca de 6 segundos) para o Átila Abreu estava bem tranquila. Estou muito contente com o resultado. Começar o ano no pódio é um grande estímulo para mim e minha equipe que, como sempre, fez um excelente trabalho”, explicou o piloto vencedor.

Apesar de dificuldades com seu carro, Átila Abreu fez uma prova de superação e conseguiu começar o campeonato com 20 pontos. “Viemos de um final de semana não muito bom, mas conseguimos reverter na tomada de tempos e largar em uma boa posição. Meu carro apresentou um problema desde os treinos desta sexta, na pressão do combustível. Por conta disso, na prova, decidimos colocar todo o combustível e mesmo assim ele falhava. Mas mesmo assim a equipe trabalhou bem e está de parabéns, salientou o segundo colocado.

Já Nonô Figueiredo custou acreditar na conquista da terceira posição. “Para quem largou em 21º e só tinha objetivos de pontuar, não imaginava chegar em terceiro. Estar no pódio é algo que há tempos não acontecia comigo. As novidades deste ano criaram variáveis e por isso, utilizei todos os recursos que eu tinha para impor meu ritmo. Fiz uma boa largada, consegui avançar posições e, quando o final da prova se aproximava, poupei o carro por conta da boa distância dos adversários”, comemorou o piloto da Cosan Mobil Super Racing.

A prova contou com alguns toques, giros e acidentes. Popó Bueno, por exemplo, foi tocado por Duda Pamplona, e ao girar, acabou causando um pequeno acidente, sendo necessária a entrada do safety car, que entrou na volta 2 e permaneceu por apenas uma volta. Ricardo Zonta também não teve sorte em sua estréia pela RZ Corinthians Motorsport, e acabou saindo da disputa depois de bater de frente em um dos muros de proteção.

Resultado da primeira etapa da Copa Caixa Stock Car 2010:

1) Max Wilson (Chevrolet), 48min01s347
2) Átila Abreu (Chevrolet), ), 48min08s448
3) Nonô Figueiredo (Chevrolet), 48min13s761
4) Daniel Serra (Peugeot), 48min28s136
5) Lico Kaesemodel (Peugeot), 48min31s593
6) Rodrigo Sperafico(Peugeot), 48min36s332
7) Felipe Maluhy (Chevrolet), 48min40s572
8) Julio Campos (Peugeot), 48min41s715
9) Alceu Feldman (Peugeot), 48min43s123
10) Gustavo Sondermann (Chevrolet), 48min47s033
11) Thiago Marques (Peugeot), 48min54s255
12) Diego Nunes (Peugeot), 48min54s869
13) Pedro Gomes (Chevrolet), 48min57s152
14) Cacá Bueno (Peugeot), 49min03s059
15) Xandinho Negrão (Chevrolet), 49min04s726
16) Antonio Pizzonia (Chevrolet), 49min12s649
17) Betinho Gresse (Chevrolet), 49min15seg845
18) Thiago Camilo (Chevrolet), 49min20484
19) Christian Fittipaldi (Chevrolet), 49min40seg815
20) Ricardo Mauricio (Chevrolet), a uma volta
21) Constantino Júnior (Peugeot), a uma volta
22) Claudio Ricci (Peugeot), a uma volta
23) Allam Khodair (Peugeot), a duas voltas
24) Ricardo Zonta (Chevrolet), a 14 voltas
25) Valdeno Brito (Chevrolet), a 15 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *