Stock: Rafa Matos lidera treino de abertura em Brasília

Sessão que define o grid de largada será disputada neste sábado. “O objetivo é tentar encaixar tudo isso amanhã na classificação”, declarou Matos

A primeira sessão de treinos livres válida pela terceira etapa do Circuito Schin Stock Car 2014 aconteceu nesta sexta-feira (25/04), no Autódromo Nelson Piquet em Brasília. Após uma forte chuva que adiou o início dos trabalhos, a atividade foi liderada por Rafa Matos, que marcou sua melhor volta em 57s236, com a pista já seca. O segundo melhor tempo foi de Luciano Burti e o terceiro de Diego Nunes.

“O treino foi excelente, foi uma evolução de Santa Cruz do Sul, onde tivemos uma performance muito boa. Estou extremamente confiante e feliz com o carro. O objetivo é tentar encaixar tudo isso amanhã na classificação, e tentar entrar no Q2. Assim vamos andar um pouquinho mais na frente para evitar confusões na largada”, comentou Matos.

Disputado em sistema de rodada dupla, o GP Brasília terá duas corridas no domingo. No sábado os pilotos voltam à pista para o segundo treino livre e também para a sessão classificatória, com transmissão ao vivo do SporTV. A atividade definirá a ordem de largada da primeira corrida do final de semana.

A prova que fecha a programação na Capita Federal terá o grid formado pela ordem de chegada na corrida 1, invertendo-se os 10 primeiros. Com isso, o vencedor da primeira bateria largará em décimo, o segundo colocado largará em nono e assim sucessivamente.

Como o intervalo entre as provas é de apenas 20 minutos e não se pode mexer nos carros, o trabalho de equipe pode ser decisivo. “A estratégia em Brasília vai ser colocar quase 50 litros de combustível para que a gente possa terminar a segunda corrida sem problemas. O piloto que conseguir economizar um pouco mais de combustível certamente vai se destacar. Isso é um ponto positivo para mim, pois nas categorias que disputei nos Estados Unidos sempre trabalhei esta técnica de economizar combustível. Então estou bastante empolgado, em todos os sentidos”, acrescentou o dono do carro #2.

“Gosto muito dessa pista. Por ser muito curta e por só ter curvas de alta velocidade, ela tem a tendência de deixar o grid todo muito perto, o que com certeza aumenta o nível de competitividade”, finalizou o piloto da equipe Hot Car.

Veja como terminou o treino livre desta sexta-feira:

1. Raphael Matos (Hot Car Competições) – 57.237
2. Luciano Burti (Vogel Motorsport) – 57.385
3. Diego Nunes (C2 Team) – 57.392
4. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) – 57.464
5. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 57.500
6. Felipe Fraga (Vogel Motorsport) – 57.557
7. Marcos Gomes (Schin Racing Team) – 57.623
8. Átila Abreu (Mobil Super Racing) – 57.682
9. Valdeno Brito (Shell Racing) – 57.736
10. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 57.828
11. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) – 57.940
12. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 57.969
13. Denis Navarro (Voxx Racing Team) – 57.998
14. Allam Khodair (Texaco Full Time Sports) – 58.014
15. Max Wilson (Eurofarma RC) – 58.031
16. Lucas Foresti (RC3 Bassani) – 58.034
17. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – 58.111
18. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – 58.148
19. Alceu Feldmann (Hanier Racing) – 58.155
20. Daniel Serra (Red Bull Racing) – 58.184
21. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) – 58.185
22. Tuka Rocha (RZ Motorsport) – 58.210
23. Vitor Genz (Boettger Competições) – 58.226
24. Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 58.313
25. Rubens Barrichello (Medley Full Time Sports) – 58.338
26. Ricardo Zonta (RZ Motorsport) – 58.351
27. Gabriel Casagrande (C2 Team) – 58.389
28. Lico Kaesemodel (Boettger Competições) – 58.417
29. Rafael Suzuki (ProGP) – 58.448
30. Fabio Fogaça (Schin Racing Team) – 58.501
31. Bia Figueiredo (ProGP) – 58.647
32. Popó Bueno (Shell Racing) – 58.977
33. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) – 59.733

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *