Stock: Rodrigo Sperafico ganha pela 1ª vez e quebra tabu dos paranaense em Curitiba

Após 16 anos, um piloto local voltou a vencer na capital paranaense.

Depois de 16 anos, um paranaense voltou a vencer em Curitiba na Stock Car. Rodrigo Sperafico, da Biosintética Stock Car, com Volkswagen Bora, confirmou a pole e venceu a segunda etapa da Copa Nextel Stock Car 2007, realizada neste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba. O piloto, de 28 anos, ganhou de ponta a ponta, completando as 32 voltas no circuito de 3.695 metros com o tempo de 47min16seg012, média de 150, 09 km/h. A segunda colocação foi do paulista Thiago Camilo, da Texaco Vogel, com Chevrolet Astra, a 0s269, enquanto Allan Khodair, da Boettger Competições, com Chevrolet Astra, garantiu o terceiro lugar no pódio a 1s691 do vencedor. O atual campeão Cacá Bueno, da Eurofarma RC, com Mitsubishi, não completou a prova, mas garantiu o prêmio de 10 mil da Nextel em razão de ter feito a volta mais rápida.

Com a vitória, Rodrigo Sperafico ainda assegurou a liderança da principal categoria do automobilismo nacional, com 31 pontos. A segunda colocação é do paulista Daniel Serra, da Red Bull Racing, com 28 pontos, enquanto os paulistas Ricardo Maurício, da Medley/A.Mattheis, e Felipe Maluhy, da Terra Racing, dividem a terceira colocação, ambos com 25 pontos.  A Copa Nextel Stock Car 2007 prossegue em junho, com a realização de terceira etapa em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

A competitividade e igualdade dos carros da Copa Nextel Stock Car 2007 ficou bastante evidente na segunda etapa. Logo na largada, o pole Sperafico, Thiago e Zonta mantiveram suas respectivas posições. Somente na quarta volta Cacá Bueno conseguiu superar Zonta e assumir a terceira colocação.  Durante algum tempo, Thiago ainda pressionou Sperafico, mas não conseguiu nenhum sucesso. A partir daí, a corrida ficou bastante tática, com os pilotos procurando errar o menos possível e, assim, não perderem suas posições.

Faltando quatro voltas, Cacá Bueno passou a atacar Thiago, levando junto Zonta. Em uma das inúmeras tentativas de ultrapassagem, o atual campeão teve de frear forte e acabou sendo atingido por Ricardo Zonta, que vinha rodando logo atrás, acabando com a esperança de ambos de um lugar no pódio. Melhor para Allam Khodair, que ganhou a terceira colocação e também melhorou sua posição na classificação geral.

Feliz com o resultado geral do final de semana, Sperafico disse que a quebra do tabu é uma coisa que a torcida atenta mais. Mas ressaltou o crescimento do número de paranaenses. “É bom ganhar. Quanto ao tabu, isso vale mais para a torcida. O importante foi ver 12 pilotos do Paraná na Stock. Logo vamos pressionar os paulistas”, brincou Sperafico.  Com relação à prova, ele destacou a competitividade dos carros. “Começamos bem já com a pole. Espera uma prova mais difícil, mas isso não aconteceu em razão da competitividade dos carros. Como não houve erros, as mudanças na ponta foram poucas”, completou.

Para Thiago Camilo, a concentração foi marcante. “Tive de dirigir o tempo todo muito concentrado para evitar qualquer erro. Por isso, a corrida foi muito dura. Sem falar que meu carro começou bem, mas no final perdeu muito rendimento. A temporada é longa e foi importante conseguir o segundo lugar e os pontos para brigar por um lugar no Playoff”, afirmou.

Khodair conquistou seu primeiro pódio na categoria e iniciou, segundo ele, a escalada rumo aos playoffs da temporada. “A terceira colocação foi um ótimo resultado, que perseguimos há bastante tempo. Tive um bom carro durante todo o fim de semana e esse pódio foi muito importante para o campeonato. Marquei meus primeiros pontos e espero ter começado hoje minha caminhada rumo aos playoffs, que é o objetivo traçado por nossa equipe para essa primeira parte do campeonato”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *