Stock: Rosinei Campos descarta favoritismo na etapa de Curitiba

Após domínio nas corridas de 2009, chefe das equipes Eurofarma RC e RCM Motorsport acredita que dificuldade aumentará.

O Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais, sedia no próximo fim de semana (9, 10 e 11 de abril) a segunda etapa da Copa Caixa Stock Car. No ano passado, o circuito recebeu duas etapas da categoria e, em ambas, o domínio foi das equipes comandadas por Rosinei Campos, o “Meinha”.
Sediados a pouco mais de mil metros da pista, os times Eurofarma RC e RCM Motorsport ditaram o ritmo nas corridas disputadas na capital paranaense em 2009. Primeiro foi Valdeno Brito que dominou os treinos, largou na pole position e liderou a segunda etapa de ponta a ponta. Ricardo Maurício, da equipe “co-irmã” Eurofarma RC, ficou com a vitória na abertura do Playoff, após largar em 14º lugar.
Além desse bom retrospecto, os times comandados por Meinha conquistaram resultados expressivos na etapa de abertura, disputada em São Paulo, há duas semanas. Max Wilson ficou com a vitória e Lico Kaesemodel e Alceu Feldmann, companheiros na RCM, ficaram em 5º e 9º lugares, respectivamente.
Mesmo assim, Campos não acredita em favoritismo. “Na Stock Car isso não existe. É grande a chance de estarmos competitivos, mas tudo pode acontecer numa categoria tão equilibrada”, destaca. Ele cita exemplos para comprovar sua tese: “o Thiago Camilo, que venceu a etapa de São Paulo em 2009 não figurou nas primeiras posições este ano. O Cacá Bueno, que largou em 20º no ano passado, disputou a vitória com o Max (Wilson) na última corrida”.
Segundo Meinha, a pista de Curitiba traz “bons fluidos” para os quatro carros preparados por ele, mas isso não quer dizer nada. “A cada corrida a dificuldade aumenta e nesta não será diferente. Temos um bom acerto inicial, mas também dependemos da condição dos adversários e do clima”, prevê.
Aliás, de acordo com os principais institutos meteorológicos, é grande a chance de chuva no próximo fim de semana na capital paranaense. Bom para o “piloto da casa”, Alceu Feldmann (Fertipar / RCM), que gosta de pista molhada. “Me adapto rapidamente ao piso molhado. Foi assim na etapa de abertura deste ano, em São Paulo, quando andei sempre entre os dez primeiros enquanto estava chovendo”, lembra.
O piloto do Paraná tem seis pódios na Stock Car, três deles em Curitiba. “É um traçado bastante seletivo, que exige muito dos pilotos. Somando a minha experiência nesta pista e o bom retrospecto da equipe, acredito que podemos figurar novamente nas primeiras posições”, argumenta Feldmann.
Os treinos para a segunda etapa do ano, que será disputada no circuito misto do Autódromo de Curitiba, começam na sexta-feira (9). No sábado, os carros entram na pista para mais um treino livre e para a definição do grid de largada. No domingo, a corrida terá início às 11h, com a transmissão dos momentos decisivos pela Rede Globo. Os ingressos para a etapa já estão à venda pela Rede Ticketmaster, nos postos Esso, revendas Bosch, Goodyear e Rede Chevrolet. Mais informações no site www.stockcar.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *