Stock: Sergio Jimenez vence a segunda prova em Salvador

Sergio Jimenez (Voxx Racing Team /Peugeot) venceu a segunda prova, da penúltima etapa da temporada, disputada em Salvador, na Bahia. Foi a primeira vitória de Jimenez na categoria. Raphael Matos (Hot Car Competições /Chevrolet) e Luciano Burti (Vogel Motorsport /Chevrolet) completaram o pódio.

Na largada, Jimenez superou o pole-position, Matos, e assumiu a ponta. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM/Chevrolet), mesmo sem a porta do carona (perdia em um toque na largada), superou Matos e começou a pressionar Jimenez. Mas Camilo teve que ir para os boxes, repor a porta.

Na metade da prova (de vinte minutos de duração), o carro de Tuka Rocha (RZ Motorsport /Chevrolet) quebrou, e em posição perigosa, o Safety-Car foi acionado.

Jimenez manteve o controle após a relargada, para vencer com um segundo de vantagem sobre Matos. Burti fechou o pódio.

“Estou muito contente. Uma vitória para realmente quebrar o tabu. Bati na trave duas vezes, com vitórias quase certas. Mas Stock Car é isso. Começamos o ano muito bem, chegamos a liderar o campeonato e estamos sofrendo um pouco nesse segundo semestre, mas sempre tivemos um carro muito bom. A equipe faz um ótimo trabalho. Essa vitória é dos mecânicos. Sei o quanto eles trabalham e nunca desistiram em nenhum momento. Agora é só comemorar”, comentou o piloto da Voxx Racing Team.

Rubens Barrichello (Full Time Competições /Chevrolet) repetiu o quarto lugar da primeira prova. Átila Abreu (Mobil Super Racing/Chevrolet),  Nonô Figueiredo  (Mobil Super Racing /Chevrolet), Júlio Campos (Prati-Mico’s Racing/Peugeot), Gabriel Casagrande (C2 Team /Chevrolet), Daniel Serra (Red Bull Racing/Chevrolet) e seu parceiro de equipe, Cacá Bueno, fecharam os dez primeiros.

A última etapa  acontece no dia 29 de novembro, no Autódromo Internacional de Curitiba.

A etapa será disputada em corrida única, mas com pontuação dobrada. Com isso, 48 pontos ainda estão em jogo e oito pilotos seguem com chances de conquistar o título: Barrichello (líder da temporada com 198 pontos), Átila Abreu, Thiago Camilo, Julio Campos, Antonio Pizzonia, Sérgio Jimenez, Cacá Bueno e Allam Khodair

Final:

1. Sergio Jimenez (Voxx Racing Team) – 16 voltas em 21min21s325
2. Rafa Matos (Hot Car Competições) – a 1.017
3. Luciano Burti (Vogel Motorsport) – a 2.358
4. Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 3.422
5. Átila Abreu (Mobil Super Racing) – a 12.311
6. Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) – a 13.930
7. Julio Campos (Prati-Mico’s Racing) – a 14.805
8. Gabriel Casagrande (C2 Team) – a 15.431
9. Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 15.903
10. Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 16.588
11. Max Wilson (Eurofarma RC) – a 17.080
12. Diego Nunes (C2 Team) – a 17.459
13. Rafael Suzuki (ProGP) – a 17.941
14. Fabio Fogaça (Schin Racing Team) – a 18.436
15. Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 18.840
16. Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 19.111
17. Popó Bueno (Shell Racing) – a 19.888
18. Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 20.201
19. Bia Figueiredo (ProGP) – a 26.277
20. Alceu Feldmann (Hanier Racing) – a 1:08.141
21. Allam Khodair (Full Time Sports) – a 1 volta
22. Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing) – a 1 volta
23. Vitor Genz (Boettger Competições) – a 2 voltas
24. Beto Cavaleiro (Hanier Racing) – a 3 voltas
25. Ricardo Zonta (RZ Motorsport) – a 6 voltas
Não completaram 75% da prova
26. Tuka Rocha (RZ Motorsport)
27. Felipe Fraga (Vogel Motorsport)
28. Valdeno Brito (Shell Racing)
29. Lucas Foresti (RC3 Bassani)
30. Marcos Gomes (Schin Racing Team)
31. Felipe Lapenna (Hot Car Competições)
32. Denis Navarro (Voxx Racing Team)
*Resultado sujeito a verificações técnicas e desportivas

Classificação do campeonato:
1. Rubens Barrichello – 198
2. Átila Abreu – 183,5
3. Thiago Camilo – 174,5
4. Julio Campos – 167,5
5. Antonio Pizzonia – 158,5
6. Sérgio Jimenez – 158
7. Cacá Bueno – 157
8. Allam Khodair – 153

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *