Stock: Serrinha supera Maurício e leva primeira pole

Estreantes surpreendem e já ameaçam a hegemonia dos veteranos em Interlagos.

Um dos estreantes oriundos da Stock Car Light, a divisão de acesso da principal categoria do automobilismo brasileiro, Daniel Serra (NasrCastroneves) conquistou neste sábado em Interlagos a pole da abertura da temporada da Stock Car V8. Serrinha, filho do tricampeão Chico Serra, surpreendeu ao desbancar o favorito Ricardo Maurício (Medley), que havia sido até com certa folga o mais rápido nos treinos classificatórios que definiram os 10 pilotos do superqualifying. Maurício ficou em terceiro e a primeira fila será completada por Felipe Maluhy (Avallone).

A leitura dos resultados indica que os veteranos devem começar a botar as barbas de molho. Além de Daniel Serra, Marcos Gomes – campeão da Light em 2006 – partirá em 5º, imediatamente seguido pelo novato Daniel Landi (Full Time). Lico Kaesemodel (AMG), também formado na Light, fechará a quinta fila ao lado do dinossauro e seu companheiro de equipe Ingo Hoffmann. A decepção foi o mau desempenho de algumas das principais estrelas: o atual campeão Cacá Bueno (RC) sairá apenas em 19º, Giuliano Losacco (Vogel Texaco), bi em 2004 e 2005, largará em 13º, e seu antecessor, David Muffato (RS Competições), será o 35º no grid.

Depois de liderar a primeira sessão, Ricardo Maurício não escondeu uma ponta de desapontamento pela perda da pole. “A temperatura da pista aumentou oito graus em relação ao horário em que fiz a volta mais rápida pela manhã. Faltou acertar um pouquinho mais a calibragem dos pneus, tanto que fiz meu tempo na segunda tentativa. A verdade é que o superqualifying é meio que uma loteria”, analisou.

O consolo de Maurício é que o carro da equipe dirigida por Andreas Mattheis vem evoluindo ao longo do fim de semana e lhe dá esperanças de abrir o campeonato com um pódio. “Melhoramos no fim da tarde de sexta-feira e hoje fizemos apenas alguns ajustes nos amortecedores traseiros. A corrida será difícil, porque estes pneus desgastam rapidamente e ninguém sabe ainda como eles se comportarão em 50 minutos de prova. Vai ser preciso paciência para somar pontos e chegar bem colocado no final. Aparentemente, nosso ritmo está bom com pneus usados, e isso é muito importante”, afirmou.

Um dos pontos destaques do dia, o companheiro de Ricardo Maurício foi bastante cumprimentado pela Equipe Medley pelo 5º lugar. Marcos Gomes lamentou a falta de um jogo de pneus novos no superqualifying, já que foi obrigado a usar seus três pela manhã para entrar no grupo dos 10. “Fui atrapalhado por outro piloto na minha segunda saída e perdi os pneus. Isso fez toda a diferença. Com pneus novos, eu brigaria pela pole”, garantiu. Com apenas 22 anos, Gomes ficou contente com o balanço do sábado – havia sido o 3º na primeira tomada classificatória. “Não começamos a semana bem, mas conseguimos colocar os dois carros entre os 10. Agora, vamos conversar e ver como podemos melhorar o carro para a corrida. Será uma experiência nova para mim, mas estou confiante”, assegurou.

A largada está marcada para as 11 horas deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. Como o regulamento prevê vaga garantida para os 25 primeiros da Stock Car V 8 e o campeão e vice da Light em 2006, os beneficiados da etapa pelo polêmico artigo serão Chico Serra e Duda Pamplona, que se classificaram respectivamente em 43º e 46º e ocuparão as vagas do estreante Ricardo Zonta (29°) e Ruben Carrapatoso (37º). O experiente Guto Negrão (Vivanz), que havia estabelecido a última das 38 colocações, subirá duas posições. Ele reclamou da deficiência do motor. “Era oito quilômetros mais lento nas retas. Ficou muito complicado fazer algo melhor.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *