Stock: Sexta etapa da Copa Caixa Stock Car esquenta a disputa por vaga na Mobil Super Final

Visando vaga na Superfinal, pilotos e equipes fazem contas e já pensam nas estratégias do fim de semana para a corrida no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio

Neste fim de semana a sexta etapa da Copa Caixa Stock Car promete agitar o Rio de Janeiro. O Autódromo Internacional Nelson Piquet recebe a principal categoria do automobilismo nacional em clima acirrado. Afinal, depois dessa etapa restarão mais duas oportunidades para entrar na Mobil Super Final. Por isso, pilotos e equipes desembarcam em Jacarepaguá com a calculadora em mãos para fazer as contas e definir suas estratégias. A etapa terá transmissão ao vivo pelo canal SPORTV, a partir das 11h35 do domingo.

Alguns pilotos já estão garantidos na Mobil Super Final – fase na qual os dez melhores pilotos até a oitava etapa disputam o título nas quatro provas finais – como é o caso de Thiago Camilo (Ipiranga RCM), atual líder da competição (81 pontos), e Átila Abreu (AMG Motorsport), 71. Mas, mesmo entre os classificados, o clima não é de tranquilidade. E entre os demais que brigam por uma vaga na Superfinal, a etapa do Rio pode ser decisiva. Por isso é de grande importância.

Thiago Camilo aposta em novidades para vencer de novo no Rio, já que ganhou em 2005, ainda no traçado antigo. “Tenho tido um equipamento confiável e ótima estratégia da equipe, mas nosso carro não é o mais rápido, especialmente na classificação. E é nisso que vamos trabalhar no Rio. Partiremos de um acerto bem diferente de tudo que fizemos até aqui, olhando para frente: a Superfinal e a disputa do título. Mas sem perder o foco na vitória em Jacarepaguá. Fazer mudanças quando se está na liderança é um risco e um desafio, mas é isso que nos move”, considera o líder.

Já o vice-líder tem o objetivo de voltar à ponta da tabela. “No ano passado fizemos uma corrida boa e passamos perto da vitória na pista carioca. Liderei algumas voltas e recebi a bandeirada em segundo, porque no finalzinho da corrida o carro perdeu tração por causa da calibragem dos pneus. Desta vez, vamos com mais dados e ensinamentos para conseguir um bom acerto que nos leve a outro pódio”, planeja Átila. “Com o novo composto de pneus para este ano, o set up deverá ser um pouco diferente, mas o nosso acerto básico está bom. Tentaremos sair do Rio com um pódio para possivelmente voltar para a liderança do campeonato.”

Popó Bueno (Comprafácil.com/A. Mattheis) afirma que entrará no carro só pensando nos números. “Quero andar entre os cinco primeiros no Rio para conseguir garantir a vaga ainda neste final de semana. Esta é uma etapa decisiva e eu faço contas o tempo todo. Nesta fase do campeonato já é preciso correr com a calculadora dentro do carro”, brinca Popó. “Com 50 pontos acredito que não passaremos apuros”, diz o piloto que totaliza 39 pontos.

Um pouco mais distante da ponta da tabela, Valdeno Brito (Esso Mobil Super Racing) chega ao Rio de Janeiro confiante e embalado pelas boas lembranças. “A corrida do Rio é sempre especial para mim, porque foi aqui que conquistei a vitória mais importante da minha carreira. Fui o primeiro vencedor da Corrida do Milhão e sempre quando venho para cá tenho boas recordações. Estamos conseguindo acertar o carro do jeito que esperamos, então a possibilidade de conquistar um pódio é real. A preocupação é administrar os pneus porque o asfalto é bem abrasivo, então a combinação velocidade mais constância vai determinar quem andará na frente”, finaliza.

Os treinos livres começam nesta sexta-feira (dia 1º de julho). Serão duas sessões, com os pilotos divididos em dois grupos. A primeira está marcada para às 11h40 e a segunda ocorre às 15h50.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *