Stock: Thiago Camilo vence a segunda prova em Goiânia

Thiago Camilo (Ipiranga-RCM/Chevrolet) venceu neste domingo (01/06), no autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, a segunda prova da quarta etapa da temporada. Foi a segunda vitória consecutiva de Camilo na prova curta. Rubens Barrichello (Full Time Competições/Chevrolet) e Julio Campos (Prati-Mico’s Racing/Peugeot) completaram o pódio.

Pole-position, com o grid invertido dos dez primeiros da primeira prova, Camilo venceu de ponta a ponta. Barrichello, segundo no grid, também manteve a posição até o final. Campos completou o pódio.

“Em 2001 venci aqui em Goiânia pela categoria de acesso da Stock Car.
Estive na última corrida da Stock Car aqui e ela quase não aconteceu.
Acho que a gente não pode nem dizer que houve uma reforma. O autódromo
praticamente nasceu de novo. Fico super feliz de poder retornar a
Goiânia e encontrar essa estrutura de primeiro mundo. Espero que isso
sirva de espelho para outras praças. Acho que agora o povo goiano tem um
autódromo que é referencia no Brasil”
, comentou Thiago Camilo.

Luciano Burti (Vogel Motorsport/Chevrolet) terminou em quarto, seguido por Valdeno Brito (Shell Racing/Chevrolet) e Sergio Jimenez (Voxx Racing Team /Peugeot). Antonio Pizzonia (Prati-Mico’s Racing/Peugeot), Cacá Bueno (Red Bull Racing/Chevrolet), que largou dos boxes com o carro remendado, Vitor Genz (Boettger Competições/Peugeot) e Max Wilson (Eurofarma RC/Chevrolet) completaram os dez primeiros.

Vencedor da primeira prova, Átila Abreu (Mobil Super Racing/Chevrolet) terminou apenas na 22ª posição.

Marcos Gomes (Schin Racing Team/Peugeot), que assumiu a liderança do campeonato na prova anterior, abandonou na 6ª volta.

Final:

1 – Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – Chevrolet – 16 voltas em 22:45.810
2 – Rubens Barrichello – Full Time Competições – Chevrolet – a 3.989
3 – Julio Campos – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 14.512
4 – Luciano Burti – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 15.017
5 – Valdeno Brito – Shell Racing – Chevrolet – a 16.924
6 – Sergio Jimenez – Voxx Racing Team – Peugeot – a 17.573
7 – Antonio Pizzonia – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 17.827
8 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 22.108
9 – Vitor Genz – Boettger Competições – Peugeot – a 26.709
10 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 30.654
11 – Alceu Feldmann – Hanier Racing – Peugeot – a 31.923
12 – Felipe Tozzo – Boettger Competições – Peugeot – a 35.443
13 – Fabio Fogaça – Schin Racing Team – Peugeot – a 35.918
14 – Lucas Foresti – RC3 Bassani – Peugeot – a 37.313
15 – Felipe Lapenna – Hot Car Competições – Chevrolet – a 37.951
16 – Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – a 53.432
17 – Allam Khodair – Full Time Competições – Chevrolet – a 58.025
18 – Diego Nunes – C2 Team – Chevrolet – a 1:00.290
19 – Felipe Fraga – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 1:00.798
20 – Denis Navarro – Voxx Racing Team – Peugeot – a 1:01.435
21 – Beto Cavaleiro – Hanier Racing – Peugeot – a 1:05.671
22 – Átila Abreu – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 1 volta
23 – Bia Figueiredo – ProGP – Chevrolet – a 1 volta
24 – Gabriel Casagrande – C2 Team – Chevrolet – a 4 voltas
25 – Ricardo Zonta – RZ Motorsport – Chevrolet – a 6 voltas
26 – Galid Osman – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 8 voltas
27 – Marcos Gomes – Schin Racing Team – Peugeot – a 10 voltas
28 – Raphael Matos – Hot Car Competições – Chevrolet – a 16 voltas
29 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 16 voltas
30 – Tuka Rocha – RZ Motorsport – Chevrolet – a 16 voltas
31 – Popó Bueno – Shell Racing – Chevrolet – a 16 voltas
32 – Nonô Figueiredo – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 16 voltas
33 – Rafael Suzuki – ProGP – Chevrolet – a 16 voltas

Campeonato:

1 – Marcos Gomes – 64
2 – Valdeno Brito – 62
3 – Átila Abreu – 59
4 – Sergio Jimenez – 58
5 – Julio Campos – 55
6 – Thiago Camilo – 52
7 – Cacá Bueno – 51
8 – Felipe Fraga – 49
9 – Rubens Barrichello – 45
10 – Antonio Pizzonia, Luciano Burti e Denis Navarro – 42
13 – Ricardo Mauricio – 39
14 – Daniel Serra e Rafa Matos – 38
16 – Allam Khodair – 33
17 – Ricardo Zonta e Tuka Rocha – 30
19 – Popó Bueno – 29
20 – Diego Nunes – 27
21 – Max Wilson – 26
22 – Alceu Feldmann e Victor Genz – 20
24 – Felipe Lapenna e Galid Osman – 19
26 – Lucas Foresti – 16
27 – Bia Figueiredo – 10
28 – Nonô Figueiredo – 9
29 – Gabriel Casagrande – 7
30 – Felipe Tozzo – 6
31 – Fábio Fogaça – 3
32 – Rafael Suzuki – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *