Stock: Valdeno Brito larga em primeiro em Curitiba

Pela segunda vez na carreira, o paraibano Valdeno Brito vai largar na primeira posição na Copa Nextel Stock Car, a principal categoria do automobilismo nacional.

No início da tarde deste sábado, o piloto da Medley/WA Mattheis (Chevrolet) fez o melhor tempo da Super Classificação para a terceira etapa da temporada, que acontece neste domingo, no Autódromo Internacional de Curitiba, a partir das 11 horas. Valdeno venceu o duelo com Átila Abreu, da JF Racing (Peugeot) e marcou o tempo de 1min47seg639 para as das voltas, com média de 170.57 km/h. Na segunda colocação estará seu companheiro de equipe e líder do campeonato Marcos Gomes, 1min47seg735, enquanto Allam Khodair, da Boettger Competições (Chevrolet), 1min48seg252.

A terceira etapa da Copa Nextel Stock Car terá transmissão ao vivo para todo o país pela Rede Globo de Televisão, dentro do Esporte Espetacular. Serão 58 voltas ou 50 minutos e prova, com reabastecimento previsto para o período entre o 20º e 30º minuto de corrida.

Nessa manhã ensolarada de sábado, o público pode conferir de perto, pela primeira vez, o novo sistema de classificação da Copa Nextel Stock Car, agora dividia em três etapas: a primeira determinou os pilotos de 16º a 34º lugares; na segunda os 15 melhores voltaram à pista para definir as posições de 7º a 15º e finalmente a terceira, a Super Classificação, que contou com apenas seis pilotos, prevê disputas diretas em duas voltas entre 3º x 4º, 2º x 5º e 1º x 6º da fase anterior, com largada parada. A ultima parte da classificação foi dividida assim: Allam Khodair contra Ricardo Maurício, Átila Abreu contra Valdeno Brito, e Marcos Gomes contra Cacá Bueno.

Sempre entre os cinco melhores colocados, Valdeno acabou confirmando o bom desempenho do treino classificatório ao garantir a pole, a segunda de sua carreira a primeira foi em 2007, Brasília. “Se já houve um dia em que jamais acreditei na possibilidade da pole foi ontem. Eu era sete décimos mais lento, numa pista onde qualquer milésimo faz diferença. E ainda não estou totalmente confortável com o carro, apesar de estar numa equipe maravilhosa. Acho que só alcancei 70% do meu potencial. Mas acho que a persistência é uma das minhas virtudes. O Andreas (Mattheis, diretor-técnico da Medley) insistiu para eu acreditar que seria possível melhorar e hoje o trabalho de equipe foi fundamental”, reconheceu Valdeno.

Questionado sobre a possibilidade da decisão da prova acontecer em razão do trabalho no pit stop, o piloto disse que isso faz parte do jogo. Uma vez vai te favorecer, em outra não. Acho que isso foi criado para dar mais emoção e permitir maior participação da equipe no resultado. Minha preocupação é ganhar e vou atrás disso. “Se não der, vou pelo menos buscar os pontos, pois quero estar dentro do Playoff, mesmo que seja em décimo”, encerrou o pole position.

Visitas ilustres

O sábado também foi dia de visitas ilustres. O prefeito Beto Richa e a primeira-dama do município, Fernanda Richa, estiveram acompanhando os treinos de sábado no Autódromo Internacional de Curitiba. A primeira-dama recebeu dos pilotos e chefes de equipes o valor arrecado para a campanha Doe Calor da prefeitura curitibana.

Confira o grid de largada da etapa de Curitiba:

1º) Valdeno Brito (CA, PB), 2 voltas em 1:47.639 (média de 170.57 km/h)
2º) Marcos Gomes (CA, SP), a 0.095
3º) Allam Khodair (CA, SP), a 0.612
4º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 0.752
5º) Ricardo Mauricio (P3, SP), a 0.861
6º) Atila Abreu (P3, SP), a 1.136
7º) Tarso Marques (P3, PR), 49.961
8º) Alceu Feldmann (CA, PR), 50.001
9º) Nonô Figueiredo (ML, SP), 50.007
10º) Norberto Gresse (P3, SP), 50.024
11º) Thiago Camilo (CA, SP), 50.033
12º) Hoover Orsi (CA, MS), 50.053
13º) Andre Bragantini (P3, SP), 50.055
14º) Daniel Serra (CA, SP), 50.249
15º) Luciano Burti (P3, SP), 50.250
16º) William Starostik (P3, SP), 49.985
17º) Antonio Pizzonia (P3, AM), 49.993
18º) Giuliano Losacco (P3, SP), 50.018
19º) Thiago Marques (P3, PR), 50.064
20º) Popó Bueno (CA, RJ), 50.069
21º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), 50.090
22º) Ingo Hoffmann (ML, SP), 50.097
23º) Julio Campos (P3, PR), 50.108
24º) Carlos Alves (ML, SP), 50.164
25º) Lico Kaesemodel (ML, PR), 50.174
26º) Juliano Moro (CA, RS), 50.181
27º) Duda Pamplona (ML, RJ), 50.215
28º) Felipe Maluhy (ML, SP), 50.245
29º) Ricardo Sperafico (P3, PR), 50.253
30º) Thiago Medeiros (ML, SP), 50.304
31º) Rodrigo Sperafico (ML, PR), 50.336
32º) David Muffato (P3, PR), 50.387
33º) Guto Negrão (CA, SP), 50.547
34º) Pedro Gomes (P3, SP), sem tempo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *